O Groupon anunciou a 12 de Fevereiro os seus resultados financeiros do quarto trimestre que finalizou a 31 de Dezembro de 2018, bem como os resultados anuais.

«Em 2018, demos passos críticos para transformar o Groupon num hábito diário para os consumidores. Apesar de ser um desafio operacional, estou satisfeito com o progresso que fizemos nas nossas iniciativas estratégicas«, explicou o CEO Rich Williams. «Em 2019, pretendemos fazer apostas mais ousadas e temos prioridades claras para nos ajudar a fazê-lo«, acrescentou.

Resultados do 4º Trimestre

Na América do Norte, o lucro bruto da empresa no quarto trimestre de 2018 diminuiu 7% para $247,6 milhões. Os clientes ativos atingiram os 30,6 bilhões e o lucro bruto mensal por cliente ativo aumentou 3%.

Internacionalmente, a margem bruta aumentou 6% (9% excluindo a variação de divisas). Os clientes internacionais ativos aumentaram para US$ 17,6 bilhões e o lucro bruto mensal por cliente ativo aumentou 1%.

A receita total da empresa durante o 4T foi de $799,9 milhões em 2018, uma diminuição de 8% relativamente ao mesmo período em 2017. Como explicado pela companhia, estes números refletem a redução do tráfego de clientes e «o foco contínuo da nossa marca na geração de receitas que prioriza a receita bruta a longo prazo».

Os gastos com marketing da empresa foram de $109.7 milhões no quarto trimestre de 2018, 2% abaixo do mesmo período do ano passado.

Resultados Anuais

A receita anual foi de US$ 2,64 bilhões em 2018, 7% abaixo dos $ 2,84 bilhões de 2017. O lucro bruto foi de $ 1,32 bilhão em 2018, 1% abaixo dos $ 1,33 bilhão em 2017. O EBITDA ajustado foi de $269,8 milhões em 2018, 8% acima dos $249,9 milhões em 2017.

 

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram