No artigo anterior, que você pode consultar clicando aqui, falei um pouco de como o a facilidade de acesso à informação mudou a relação do consumidor na sua experiência de compra nos dias atuais. Finalizei com uma dica, SEO e Marketing de Conteúdo para PMEs, e agora quero explicar melhor como isso poder influenciar os seus negócios.

Recordar alguns Cases de Marketing de Conteúdo

Primeiro, vamos voltar novamente ao passado, para falar da origem do termo “Marketing de Conteúdo”, como este se adaptou à internet e pode potenciar os resultados da sua empresa.

O termo Marketing de Conteúdo (Content Marketing) como o conhecemos hoje, foi inicialmente usado por Joe Pulizzi em 2001, fundador do CMI (Content Marketing Institute) em 2007, e é atualmente a maior referência no assunto do mundo.

Muito do que se lê sobre o tema na internet nos leva a crer que é uma estratégia recente de atração de clientes, porém, já no século XIX temos cases geniais de Marketing de Conteúdo. Um exemplo é da Jhonson & Jhonson, que em 1888 lançou uma publicação de nome “Modern Methods of Antiseptic Wound Treatment”, direcionada para farmacêuticos, médicos e cirurgiões. Com um ‘passo a passo’ de como executar operações estéreis, e também um catálogo de produtos da empresa para ajudar em cirurgias seguras. O objetivo era claramente ganhar autoridade no assunto, ao passo que gerava maior interesse e demanda por seus produtos

Outro case também genial de Marketing de Conteúdo, sempre citado em livros, palestras e cursos, é o da John Deere, fabricante de máquinas agrícolas, que em 1895 lançou a Revista The Furrow, com conteúdo para agricultores sobre como o seu trabalho poderia se tornar mais rentável.

Para finalizar os cases, cito o Michelin Guide, criado em 1900, com conteúdo sobre manutenção de carros, dicas de hotéis e viagens. Na edição de estreia foram distribuídos 35.000 exemplares gratuitamente. Com a tecnologia de impressão disponível à época, é possível apenas imaginar o quão caro isso saiu para a Michelin. Mas havia um objetivo muito claro em mente nessa estratégia, estimular o uso de automóveis em viagens, o que naturalmente aumentaria o consumo dos pneus e geraria maior demanda pelos produtos da empresa.

Para finalizar os cases, cito o Michelin Guide, criado em 1900, com conteúdo sobre manutenção de carros, dicas de hotéis e viagens. Na edição de estreia foram distribuídos 35.000 exemplares gratuitamente Clic para tuitear

Marketing de Conteúdo na era da Internet

Como o Marketing de Conteúdo evoluiu com o uso da internet é fácil perceber, pois facilitou muito a produção e divulgação de conteúdo, permitindo que qualquer pequena ou média empresa, por meio de um Blog, Site ou Redes Sociais, possa divulgar conteúdo de qualidade acerca do mercado em que atua, e como seus produtos e serviços podem ser úteis aos clientes finais.

Philip Kotler disse em seu livro Marketing 4.0 que “Conteúdo é o novo anúncio, hashtag é o novo slogan”. Já Joe Pulizzi, citado aqui anteriormente, em seu livro Marketing de Conteúdo Épico diz o óbvio, mas que nem todos os empresários estão preparados para absorver: “Seus clientes não se preocupam com você, seus produtos ou serviços. Eles se preocupam consigo mesmos”.

O Desafio de Produzir Conteúdo

Imagino que perceber a necessidade de produzir conteúdo para ser reconhecido pelo mercado e seus possíveis clientes seja fácil. No entanto, produzir efetivamente requer muito estudo, dedicação e também alguns conhecimentos técnicos, para que seja possível potenciar os resultados. Você, empreendedor, dono de uma PME, provavelmente acredita que conhece muito bem do seu negócio, seja ele produto ou serviço, ou pelo menos deveria saber. Mas isso não é o suficiente para poder escrever conteúdos de qualidade, e eu entendo.

Existem dois caminhos para resolver isso:

  1. Estudar como escrever todo o conhecimento adquirido com foco em transmitir isso de uma maneira fácil de ser consumida pelo seu público alvo;
  2. Contratar uma agência ou free-lancer que domine as técnicas necessárias de um bom texto para internet. Uma empresa ou alguém que domine copywriting.

Que tipo de conteúdo devo produzir?

As possibilidades são muitas, mas vou citar os principais canais, conteúdos e formatos que se deve preocupar:

  • Texto de autor – Em Blog da Empresa, no LinkedIn pessoal e da Empresa e de forma resumida nas principais redes sociais (convidando para consumir o conteúdo completo no site da empresa) que façam sentido para o seu nicho de negócio.
    • Observação: é importante ser conteúdo original, que realmente acrescente valor a uma dor, angústia ou necessidade do leitor. É fundamental ir além, ser específico e se ater ao tema abordado, sem tentar falar de tudo em um mesmo texto.
  • Vídeo – No YouTube, LinkedIn e redes sociais, sempre replicando também no site da empresa acompanhado de um texto para enriquecer a experiência do consumo do conteúdo.
  • Notícias – Novidades do seu mercado, lançamentos, tecnologias, feiras, eventos. É muito importante nesse caso não apenas replicar uma notícia, mas acrescentar a sua análise, observações e possíveis recomendações.
No YouTube, LinkedIn e redes sociais, sempre replicando também no site da empresa acompanhado de um texto para enriquecer a experiência do consumo do conteúdo. Clic para tuitear

Como deve ser a estrutura do meu conteúdo?

Uma das questões mais importantes é escrever a pensar sobretudo na experiência do utilizador. A forma como a organização da informação impacta a maneira como conteúdo é consumido, e pode fazer toda a diferença não só no fato de o utilizador ler por completo o que você escreveu, mas também na forma como percebe as informações e como a sua empresa fica registada na mente dessa pessoa.

Vamos analisar um texto fictício (o conteúdo é apenas ilustrativo) mas organizado de forma diferente. Veja as duas imagens e pense qual seria mais agradável de ler.

Na parte 03 de 05 dessa minha série de artigos irei adentrar um pouco mais no Marketing de Conteúdo, falando de algumas técnicas de copywrite e também SEO.

Seria muito bom poder ler a sua opinião, crítica ou sugestão.

Deixe seu comentário e vamos conversar!

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram