As vendas de publicidade da Amazon aumentaram 41% e estabeleceram um novo recorde de 4,8 mil milhões de dólares no quarto trimestre. O negócio publicitário da Amazon ultrapassou o crescimento total do 4º trimestre de 21% para 87,4 mil milhões de dólares. A categoria «outras receitas» nos resultados fiscais da empresa provém principalmente das vendas de anúncios.

Os ganhos do quarto trimestre aumentaram 8%, para US$ 3,3 mil milhões em relação ao ano passado, revertendo um declínio de 25% no terceiro trimestre, devido ao lançamento do dispendioso serviço de transporte de um dia para os membros do Amazon Prime. O CFO da empresa observa que esse serviço acabou custando à empresa 500 milhões de dólares a menos do que ele tinha previsto.


O número de membros do Amazon Prime terminou o trimestre com 150 milhões em todo o mundo, acima dos 100 milhões em abril de 2018, quando este número foi relatado pela última vez em carta aos acionistas. A receita das taxas de assinatura aumentou 32% para US$ 5,2 mil milhões no quarto trimestre. A Amazon prevê vendas entre US$ 69 mil milhões e US$ 73 mil milhões para o trimestre atual.

2019: 280,52 mil milhões de dólares

A Amazon faturou um total de $ 280,52 mil milhões durante 2019, 20,5% a mais do que os US$ 232,89 mil milhões faturados no ano anterior. Para o quarto trimestre encerrado em 31 de dezembro, as vendas aumentaram 20,8% em relação ao ano anterior, de $ 72,38 mil milhões (2018) para $ 87,44 mil milhões este ano.

Divisões em rápido crescimento

O negócio publicitário na Amazon cresceu mais rapidamente do que a empresa como um todo, mas não é a única divisão que promete grande crescimento.

As vendas brutas B2B da Amazon cresceram 60% em 2019 em relação ao ano anterior, triplicando a taxa de crescimento global da Amazon de 20,5% no mesmo período, de acordo com a RBC Capital Markets.

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram