64% dos consumidores esperam que as marcas interajam com eles em tempo real

O comportamento dos consumidores, em especial da Geração Z e Millennials, está a mudar e como tal as empresas terão de adaptar as suas estratégias de marketing para manter a sua relevância, conclui o relatório da Boston Consulting Group (BCG), intitulado The Future of Sales and Marketing Is Here”.

Estas mudanças surgem em simultâneo com outras tendências importantes no redesenho do paradigma, tais como a Inteligência Artificial, a realidade virtual e aumentada, os NFTs, as criptomoedas e o metaverso.

Marcas e interação em tempo real

Os consumidores passam agora mais tempo online do que nunca, o que potencia o crescimento do e-commerce e das vendas realizadas com influência digital, e contam cada vez mais com uma experiência hiperpersonalizada, ultraconveniente e uma sensação de conexão com a comunidade em torno de paixões, interesses semelhantes e marcas que partilhem dos mesmos valores. Isto reflete a forma como a Geração Z e os Millennials anteveem a relação com as marcas, desejando cada vez mais proximidade.

Adicionalmente, 64% dos consumidores esperam que as marcas interajam com eles em tempo real, motivo pelo qual se espera que o mercado dos assistentes virtuais cresça 37% ao ano entre 2020 e 2027.

Devido a estes comportamentos estão a surgir novos canais de venda através de controlo remoto, ativação por voz, jogos ou redes sociais que traçam um novo padrão de conveniência, entretenimento, imersão e personalização. Por exemplo, segundo este estudo, 65% dos consumidores da Geração Z já compraram um artigo virtual apenas utilizável no contexto de um videojogo.

Experiências personalizadas exigem o conhecimento do consumidor

No entanto, as experiências personalizadas exigem o conhecimento do consumidor. Perante as tendências apresentadas, a consultora apresentou um conjunto de sugestões para que as marcas se possam manter relevantes junto dos seus consumidores:

  1. Colocar o consumidor em primeiro lugar: conhecer a demografia, as necessidades e o contexto do consumidor para desenvolver e dar prioridade aos espaços onde a oferta é mais significativa. Privilegiar a interação com o cliente durante o processo de compra para que este possa ser mais personalizado e satisfatório;
  2. Renovar os canais de venda: reavaliar a estratégia dos canais físicos e digitais, com vista a proporcionar uma experiência verdadeiramente integrada;
  3. Permitir operações integradas: eliminar as barreiras entre o marketing, as vendas e os serviços. Combinar os dados, os recursos tecnológicos e as equipas para melhor compreender o comportamento do consumidor em todo o ciclo da sua relação com a marca.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!

Deixe um comentário

Tu dirección de Email no será publicada.

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Ir arriba