76% dos portugueses acredita que vai encontrar produtos mais baratos online nesta Black Friday

A Klarna acabou de lançar o mais recente estudo Pulse Report – Black Friday & Cyber Monday, com dados de mais de 17 mil consumidores de 17 países, incluindo Portugal.

O objetivo é tentar antecipar e compreender as mudanças de comportamento dos consumidores – que é cada vez mais digital – e o que vai isso significar para as vendas da Black Friday e Cyber ​​Monday deste ano.

A pandemia acelerou as inovações digitais e agora os consumidores estão online mais do que nunca. Além disso, nos últimos 6 meses, milhões de consumidores foram afetados pela inflação de preços e, portanto, adaptaram os seus hábitos de consumo em conformidade com a situação atual.

Alexandre Fernandes, Country Leader da Klarna em Portugal. 

Com muitos retalhistas a desenvolverem a sua presença online para melhor responderem às expectativas cada vez mais digitais dos compradores, a pesquisa da Klarna mostra que as lojas físicas ainda desempenham um papel essencial junto dos consumidores.

Os inquiridos antecipam que vão fazer compras online mais do que o normal durante as agitadas vendas de novembro – 44% dos portugueses afirma que vai comprar mais online este ano em comparação com 2021, com os Millennials a destacarem-se como a geração que mais vai comprar online comparativamente ao ano passado (60%). 

Quando questionados sobre quais os produtos que mais vão comprar online vs. offline, os portugueses destacam os Produtos e Brinquedos Eróticos (60%), seguido dos produtos de Eletrónica (58%) e de Entretenimento (57%).

As motivações para a transição digital

A nível global, 74% dos consumidores acredita que encontrará produtos mais baratos no universo digital, percentagem que sobe para 76% quando se analisa exclusivamente os inquiridos em Portugal. No entanto, 86% dos portugueses acredita que em loja física os processos de devoluções são mais simples, e 81% acredita que os pagamentos são também mais seguros. 

A transição digital não significa apenas comprar mais online, mas também incluir o online na jornada de compra em loja física. Cada vez mais as pessoas pesquisam online antes de se dirigirem a uma loja (em Portugal 61% dos homens afirma fazê-lo vs. 59% das mulheres). Esta é uma preocupação mais demarcada na Gen X (42-57 anos), com 64% a confirmar que por vezes faz essa pesquisa. 

Os smartphones estão, também, a mudar a experiência de compra em loja: muitos compradores afirmam utilizar os telefones para comparar ofertas e preços competitivos e verificar reviews e testemunhos para garantir que encontraram o produto certo. A nível global, 70% às vezes (ou frequentemente) usa os seus smartphones quando está em loja física, dos quais 22% fá-lo frequentemente. Este valor sobe para 78% quando nos referimos apenas aos compradores portugueses. 

Os resultados do Pulse Report da Klarna mostram também que as compras online e no mundo físico são feitas de forma diferente. O planeamento meticuloso, orçamento e consciência de preço estão fortemente correlacionados com as compras online. Quem pretende comprar na loja física tende a fazer as suas compras de forma mais espontânea. 

Dos portugueses inquiridos, 89% afirma que no universo online compara preços entre retalhistas para encontrar o item mais barato, com 61% a afirmar que espera até ao período de saldos para comprar produtos que são, em norma, mais caros.

A grande maioria dos inquiridos considera que vai comprar algo durante as vendas da Black Friday e Cyber Monday – afirmação que é particularmente verdadeira para as gerações mais jovens. A nível global, 67% dos inquiridos acha que vai comprar algo durante a Black Friday/Cyber Monday, dos quais 25% tem certeza de que o fará. Em Portugal, são os homens (66%) que mais afirmam que irão comprar algo durante a Black Friday (vs. 62% das mulheres).

A ascensão do Buy Now, Pay Later

Os compradores de todo o mundo estão a voltar-se para o método de compra Buy Now, Pay Later, com o facto de evitarem a linha de crédito aberta e também a poupança de dinheiro apontados como os dois principais benefícios. Em Portugal, 52% dos consumidores inquiridos prefere parcelar as suas compras através do método Buy Now, Pay Later sem juros vs. cartões de crédito – com apenas 15% a referir preferir o cartão de crédito como método de pagamento preferencial.  A destacar que Portugal é o país que apresenta a percentagem mais baixa de inquiridos a indicar que prefere parcelar as suas compras com a utilização de um cartão de crédito vs. Buy Now, Pay Later.  

A nível global, 80% dos compradores considera útil poder dividir um pagamento em parcelas iguais sem pagar taxas ou juros. Em Portugal, a Gen Z (18-26 anos) é a faixa etária que considera esse o método de pagamento mais útil (88%). 

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Scroll to Top