Os CTT entram em Espanha com a marca CTT Express. A integração da Tourline Express espanhola e dos CTT portugueses levou à criação dos CTT Express, que chegam agora a Espanha com um investimento de 12 milhões de euros e com o objectivo de se tornarem «o operador líder ibérico» em pouco tempo, explica Manuel Molins, director geral dos CTT Express durante a sua apresentação em Madrid. 

O rebranding em Espanha e o novo posicionamento em Portugal são a faceta mais visível da forma como os CTT se apresentam no mercado e querem ser reconhecidos, ligando pessoas e empresas. Os CTT assumem-se como uma empresa ibérica com ambição de liderança no expresso & encomendas mas também como um operador de entrega total, com uma oferta segmentada, do correio às encomendas, dos produtos aos serviços, e como um parceiro de negócio privilegiado e de confiança”, afirma João Bento, CEO dos CTT.

Há quase um ano, os Correos adquiriram 51% do capital social da operadora portuguesa Rangel, naquela que é a primeira operação da empresa postal pública espanhola no estrangeiro, com a qual pretende formar um grupo ibérico. Com este investimento os CTT vêm dar luta à empresa espanhola e parte com a vantagem de poderem tomar decisões pois desde 2003 que deixaram de pertencer ao Estado.

O CTT, empresa portuguesa, actua no mercado espanhol há mais de duas décadas e celebram, este ano de 2020, 500 anos de existência. 

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram