Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

De acordo com os novos dados da Reuters Digital News Report, uma quantidade semelhante de utilizadores recorre agora ao Instagram para obter notícias, tal como acontecia com o twitter.

  • 11% dos inquiridos, de 12 países diferentes, disseram que utilizam a rede social para ver notícias;
  • 12% disseram que recorriam ao twitter para ver notícias;

Os jovens-adultos correspondem a maior percentagem nos EUA. Apesar do texto ser ainda o modo mais popular de consumo de notícias digitais, o público mais jovem procura formatos de narração visual.

Se o Instagram se tornar a rede mais utilizada para obter notícias, os anunciantes devem direcionar-se para esta rede e ter cuidado com a segurança da marca. Porque apesar desta rede ser mais orientada para o estilo de vida, a pesquisa por notícias, pode vir a mudar a segurança.

Por exemplo, alguns influencers foram criticados por continuarem com campanhas de marketing tendo em conta os protestos que decorriam. Se os utilizadores do Instagram começarem a envolver-se em conteúdos de notícias mais sensíveis ou controversos, pode desenvolver-se uma ambiente mais acalorado e indesejado. Nesse caso, a própria plataforma terá de intervir, tal como o Twitter teve.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Lengua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
gdpr logdate ok:
Please don't insert text in the box below!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

Tu dirección de Email no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Ir arriba