Netflix obtém menos assinantes no primeiro trimestre de 2021

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

2020 foi um ano diferente, como bem sabemos. O aumento nas assinaturas da Netflix neste período foi em grande parte impulsionado pelos efeitos da pandemia e o confinamento. Com gente em casa e sem condições de sair, houve crescimento do consumo de audiovisual em casa. Plataformas como esta aproveitaram-se da situação.

No entanto, estes dados mudaram no primeiro trimestre de 2021, este crescimento foi afetado. Isso foi comunicado nos resultados financeiros destes primeiros meses do ano, onde a Netflix registou 3,98 milhões de novas assinaturas em todo o mundo. É um número distante e aquém das previsões que tinham. Especificamente, cerca de 6 milhões inicialmente esperados e dos 8 milhões registados no último trimestre de 2020.

A pandemia também significou menos rodagens, cancelamentos de gravações e o adiamento de estreias há muito esperadas. Para compensar esta diminuição na produção, investirão para oferecer mais produtos no segundo semestre do ano.

A maioria dos assinantes da Netflix estão sediados nos Estados Unidos e Canadá. Representam mais de 74 milhões do total da base global de assinantes da plataforma.

Quem é o público da Netflix?

Os assinantes da Netflix são um grupo fiel. A maioria continuaria mesmo se o preço da assinatura mensal aumentasse e declararia que continuaria a usar o serviço com anúncios. Com uma riqueza de conteúdo abrangendo vários géneros e um catálogo diversificado de programas de TV, filmes e documentários, atrai um grande público.

Os assinantes vêm de diversas origens étnicas. A Netflix considera a diversidade importante e aumentou o número de personagens LGBTQ nas suas séries de televisão quase cinco vezes mais do que o Hulu na temporada de 2018-19. Com o esperado, a plataforma atrai todas as faixas etárias e uma pesquisa mostrou que a maioria dos adultos de 18 a 54 anos é assinante do serviço.

Hábitos dos telespectadores

Curiosamente, um inquérito que explorou o comportamento dos telespectadores da Netflix com animais de estimação revelou que um total de 12% dos inquiridos admitiram que tinham deixado de ver um programa porque o seu animal de estimação não gostava. Por outro lado, 22% tinham subornado o seu animal com guloseimas, numa tentativa de encorajar o animal a ver o programa ou o filme durante mais tempo. Tal comportamento pode parecer estranho para alguns, mas com a Netflix disponível para assistir em múltiplos dispositivos e em qualquer lugar, os consumidores terão e continuarão inevitavelmente a adaptar a sua experiência visual às suas preferências, necessidades e estilos de vida.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

Tu dirección de Email no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Ir arriba