A P&G está a começar a deitar as mãos ao mundo digital. A empresa norte-americana vai adquirir a empresa de ecommerce Billie, uma empresa que também é norte-americana e focada em produtos de depilação para mulheres e produtos premium de higiene pessoal. A P&G não divulgou os termos da transação.

A marca tornou-se famosa no ano passado com um spot publicitário que mostrava os pêlos púbicos femininos sob o slogan #projectbodyhair. Com ela, a mensagem era clara: encorajar as mulheres a fazer a barba ou não, como elas queiram e escolham livremente.


A start-up, que tem investidores da Goldman Sachs até Serena Williams, continuará a ser dirigida pelos seus dois co-fundadores. A aquisição «permitirá chegar ainda mais a mulheres millennial e à Geração Z através de uma atitude fresca e ousada«, disse Gary Coombe, CEO da P&G Global Grooming.

Com esta aquisição, a empresa procura capitalizar a forte presença digital e as estratégias de marketing da Billie. Além disso, com esta nova marca, irá completar a sua oferta de depilação feminina, que actualmente inclui duas marcas: Gillette Venus e Braun.

Um mercado em queda

As vendas totais de produtos de depilação nos Estados Unidos diminuíram 3%  anuais nos últimos quatro anos, para 3.9600 milhões de dólares no ano passado. Entre os produtos que mais caíram estão as máquinas de barbear manuais e máquinas de barbear para homens (-5,2%), de acordo com dados Nielsen. No entanto, as mulheres também gastam menos em produtos de depilação.

Como as vendas totais da indústria a caíram, ganhar quota de mercado tornou-se uma batalha de alto risco: ser o primeiro a obter uma grande marca pode significar grandes lucros.

 

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram