A SearchNote fez um ‘apanhado’  do que a pandemia covid-19 trouxe de positivo e negativo, assim como os pontos que as empresas devem ter em consideração.

Apesar das complicações que surgiram com a pandemia, de um modo geral, a indústria do comércio eletrónico foi uma das maiores vencedoras nesta matéria. Teve um pico de 40% em Abril e 70% dos consumidores a declararem que compraram mais online, do que o habitual.

Será esta uma boa altura para investir na tecnologia?

As opiniões divergem!

Algumas categorias do comércio eletrónico acreditam que devem manter as receitas conseguidas durante a pandemia, numa reserva segura, enquanto outras, consideram que esta é a altura perfeita para investir mais.

De uma forma geral, os compradores online cresceram, um comportamento que provavelmente se irá manter. Por outro lado, maior procura exige maior oferta, o que significa que a concorrência está a crescer a uma velocidade tão elevada como nunca vimos antes.

O lançamento do Facebook Shop, é um exemplo que permite a concorrência entre as empresas mais pequenas e os gigantes do comércio eletrónico. E o vencedor é determinado pela experiência do consumidor na compra.

O sucesso está na experiência do consumidor

Estudos mostram que 40% dos consumidores estão disponíveis a pagar mais, se isso significar uma melhor experiência. Por outro lado, uma má experiência, significa a perca de um cliente.
Como tal, as empresas estão a redireccionar os seus investimentos de offline para online.

Por exemplo, a Inditex está a investir 3 mil milhões de dólares no comércio eletrónico, que prevêm representar um aumento de mais de 25% até 2022.
A Target também tem vindo a investir e a planear a capacidade de apoiar o volume online. «Pensávamos que seria daqui a três anos, no entanto, com a pandemia assistimos a uma adaptação que aconteceu numa questão de semanas», afirmou Michael Fiddelke, Gestor financeiro da Target.

Impressionar os consumidores é mais do que crucial numa altura de repentina mudança para o comércio eletrónico e para um futuro incerto. E uma melhor experiência para o cliente começa com a pesquisa no site!

Importância do Website para o comércio eletrónico

Existem dois tipos de compradores online:
Browsers – consumidores que não têm intenção de compra. Estão apenas a dar uma vista de olhos;
Searchers – consumidores com intenção de compra;

As plataformas online devem responder as necessidades de ambos, pelo que, as empresas devem ter em consideração se o site tem uma navegação clara e útil, ofertas especiais e descontos, assim como, pagamento, entrega e apoio ao cliente eficazes.

O Bigcommerce considera ainda, a «pesquisa» pelo site, «o veículo de conversão mais importante«. E de fato, cerca de 30% dos visitantes irá utilizar a funcionalidade de pesquisa. Fator que pode gerar cerca de 30-60% de todas as receitas.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!

Deixe um comentário

Tu dirección de Email no será publicada.

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Ir arriba