5 dicas para reduzir o impacto ambiental no comércio eletrónico

Tornar o comércio eletrónico mais sustentável é uma ambição importante para muitas lojas online. É por isso que as entregas ecológicas se tornaram uma prioridade máxima e cada vez mais as carrinhas de entregas tradicionais estão a dar lugar a veículos elétricos e a estafetas de bicicletas de modo a reduzir o impacto ambiental.

De acordo com dados do estudo realizado por Sendcloud e Nielsen, mais de 50% dos consumidores espanhóis acreditam que o aumento das compras online está a tornar-se um problema para o ambiente. De facto, 40% dos espanhóis estão dispostos a pagar um pouco mais por opções de entrega que não tenham impacto na emissão de carbono. Mesmo assim, os critérios de escolha de um transportador em vez de outro ainda dependem mais de uma boa experiência passada (28%) ou velocidade de entrega (25%), do que do seu compromisso para com o ambiente (4%). Então o que podem as empresas de comércio eletrónico fazer para tornar a sua entrega mais ecológica e reduzir o seu impacto ambiental?

1) Reduzir o número de tentativas de entrega

Uma das formas mais eficazes e óbvias de reduzir as emissões de CO2 consiste em fazer menos tentativas de entrega. Quanto menos frequentemente uma carrinha tiver de ligar o seu motor para entregar uma encomenda, menos emissões de CO2 emitirá. Ao permitir aos consumidores escolher para onde e quando uma encomenda é enviada, as hipóteses de uma entrega bem sucedida na primeira tentativa são aumentadas. Isto é, sem dúvida, benéfico tanto para o ambiente como para a empresa de logística.

2.Oferecer uma opção de entrega verde

Cada vez mais transportadores estão a investir em logística sustentável. Por exemplo, a DHL lançou a DHL GoGreen Solutions para otimizar as rotas de transporte e investir em veículos de condução alternativa a nível internacional. Outros transportadores vão ainda mais longe, oferecendo uma opção de entrega ecológica. Um bom exemplo é o Fietskoeriers.nl holandês, que entrega todas as encomendas de bicicleta para reduzir as emissões. Este modo de entrega está a tornar-se cada vez mais popular. De acordo com o estudo Sendcloud, 40% dos espanhóis estão dispostos a pagar mais por uma entrega amiga do ambiente. Assim, a oferta deste serviço não só ajudaria a reduzir as emissões, como também ajudaria a gerar conversões.

3.Utilizar menos material de embalagem

62% dos consumidores espanhóis acreditam que as lojas online utilizam demasiado material de embalagem. E com razão, porque as enormes caixas com almofadas desnecessárias são frequentemente utilizadas para enviar pequenos produtos. Para além de ser um desperdício de plástico e cartão, este método de embalagem é ineficaz. As embalagens com grandes dimensões ocupam um espaço desnecessário nos veículos de entrega, que poderiam ser utilizados para acomodar mais embalagens.

4.Dar prioridade às embalagens recicláveis

Os consumidores não só criticam a quantidade de material de embalagem utilizado, mas também a sua reutilização. 79% dos espanhóis acreditam que o material de embalagem, incluindo caixas, sacos de transporte, material de enchimento ou tinta, deve ser totalmente reciclável.

Portanto, o mínimo que o comércio eletrónico pode fazer é assegurar que as embalagens possam ser reutilizadas como embalagens de devolução, se necessário, embora haja também um número crescente de retalhistas que promovem a reutilização de materiais. Por exemplo, a Zalando está a fazer experiências com sacos reutilizáveis e pede aos clientes que os devolvam por correio. Estes sacos/embalagens podem ser utilizados pelo menos 40 vezes e tornar-se uma solução sustentável a longo prazo.

5.Reduzir o número de devoluções

Embora pareça óbvio, a redução do número de devoluções também ajuda a limitar as emissões de CO2 por encomenda. De acordo com o estudo da Sendcloud, 46% dos consumidores espanhóis fazem sempre uma devolução quando não estão completamente satisfeitos com o produto recebido, e 35% deles fazem-no em algumas ocasiões. Cada devolução requer transporte adicional, combustível adicional e, portanto, CO2 adicional. Fornecer descrições claras dos produtos e fotografias de alta resolução para que os consumidores tenham uma boa ideia do que estão a encomendar não só reduz a probabilidade de devoluções, como também beneficia o ambiente.

Há muito trabalho a ser feito para reduzir o impacto ambiental das compras online mas trata-se de dar pequenos passos e enfatizar cada vez mais a utilização responsável das embalagens bem como entregas mais sustentáveis para reduzir o impacto ambiental do comércio eletrónico.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Scroll to Top