No Brasil, o ecommerce depende cada vez mais dos marketplaces com cerca de 78% da faturação das lojas online a ser obtida através dos marketplaces. O crescimento foi de 56% em relação ao ano passado.

Na primeira metade deste ano cerca de 30 biliões de reais ( o equivalente a mais de 4,5 biliões de euros) são de lojas online que estão em marketplaces. Apesar disso cerca de 32% dos consumidores no Brasil ainda não sabem o que é um marketplace. 


Para além dos marketplaces

O Bricks and Clicks (modelo de negócio em que os retalhistas oferece um canal online e offline para o consumidor) viu as suas operações aumentarem 61% com 57 milhões de pedidos realizados (+54% frente 2019) e um aumento de 4% no ticket médio em relação a 2019 (aproximadamente 80 euros).

Em relação aos pure players (100% online) o volume de negócio foi de 9 biliões de reais brasileiros, o equivalente a 1,5 bilião de euros, um aumento de 26% nas vendas.

Segundo a Visa entre os meses de janeiro e junho deste ano, o número de transacções do ecommerce no Brasil cresceu 11% com um aumento de 12% no ticket médio.

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram