Amazon equipará as suas lojas de departamentos com provadores virtuais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Sem dúvida, a Amazon tem que estar sempre atualizada. Há cerca de um mês soubemos dos planos da empresa de lançar um novo projeto que visava construir as suas primeiras lojas de departamentos, que seriam localizadas na Califórnia e em Ohio. Agora sabemos mais um detalhe: eles vão ter vestiários virtuais embutidos.

As lojas de departamentos estão em sério declínio, basta ver casos como o dos gigantes americanos JC Penny ou os gigantes britânicos como a Debenhams, que tiveram de fechar ou reduzir os seus negócios. Algumas destas lojas procuram novas estratégias contando principalmente com tecnologia para atrair consumidores, estratégia que a Amazon está a implementar para o seu projeto.

O jornal Wall Street Journal encarregou-se de divulgar as notícias. Nele, antecipou que as lojas de departamentos da Amazon incluirão vestiários de alta tecnologia para resolver alguns dos problemas que aparecem ao comprar roupas e ser o mais eficiente possível.

Como serão os vestiários?

Os clientes usarão uma app no seu smartphone que lhes permitirá ler os QR codes dos itens que desejam experimentar. Em seguida, terão acesso aos vestiários e uma pessoa irá ficar encarregada de trazer todos os itens selecionados na app. Também há especulação de que essa tarefa poderá ser realizada por robôs.

Os vestiários terão telas sensíveis ao toque incorporadas para que os clientes possam solicitar mais roupas sem ter que fazer a leitura dos códigos.

Alguns dos testes que a Amazon já fez no passado com alta tecnologia para facilitar a compra dos consumidores foi, por exemplo, quando incorporou a realidade aumentada em tintas de cabelo. As pessoas podiam visualizar como ficariam quando aplicadas.

Também desenvolveu um espelho que lhe permitiu experimentar roupas com realidade aumentada, embora não devam estar disponíveis nas suas futuras lojas de departamento.

A especulação começa sobre o que podemos encontrar

Vários dos relatórios já publicados sobre estes estabelecimentos falam da possibilidade da Amazon vender as suas marcas próprias junto com artigos de terceiros. No entanto, é improvável que as marcas de luxo vendidas no mercado finalmente se encontrem nas prateleiras destas lojas de departamento.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

Tu dirección de Email no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Ir arriba