As empresas de turismo apoiam-se nos ‘dados’

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A era pós-covid-19 tem visto muitas empresas confiarem em ‘dados’ para impulsionar os seus negócios. A crise sanitária resultante do Covid-19 conduziu a uma situação sem precedentes na actividade turística que coloca um futuro incerto. Face a este cenário complexo, as empresas do sector devem utilizar todas as armas à sua disposição para compensar o tempo perdido e enfrentar a retirada do consumo com a maior força.

A informação de qualidade está subjacente às fundações de todas as organizações e é essencial em muitas áreas de gestão de empresas de turismo, para tornar as suas estruturas mais eficientes, os seus processos mais ágeis ou como base de inovação. Quais são as áreas em que os dados podem ser críticos para a viabilidade do sector? Os especialistas da Stratesys, consultora tecnológica e estratégica, salientam cinco áreas fundamentais:

  • Marcação e Vendas: será decisivo realizar acções de marketing personalizadas, identificação do alvo, definição de campanhas, segmentação de clientes, etc. Para motores de recomendação em comércio electrónico, vendas cruzadas ou análise de sentimentos, é estratégico recolher e consolidar todos os dados dos clientes, independentemente do ponto de contacto ou origem. Ter uma base de dados limpa, acessível e harmonizada aumenta o valor da empresa, daí a importância do Golden Record, a única fonte de verdade sobre os seus clientes. Por outro lado, não ter dados correctos corrói a produtividade da empresa.
  • Operações: optimização de rotas e bots de apoio ao cliente ou viajante são soluções que irão melhorar grandemente o seu nível de satisfação e, portanto, de fidelidade, e ambas requerem grandes dados e são suportadas por aplicações de ciência de dados e de aprendizagem de máquinas.
  • Finanças, Compra e Recursos Humanos: é de notar que os sistemas de análise empresarial e de inteligência também contribuirão para a gestão de áreas de back-office, tais como Finanças, Compras e Recursos Humanos. Assim, oferecerão ferramentas mais fiáveis para a tomada de decisões, facilitarão os processos de selecção e retenção de talentos, e proporcionarão maior eficiência e controlo aos processos de negociação.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

Tu dirección de Email no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Ir arriba