As estimativas da UNCTAD para o e-commerce

De acordo com a UNTACD, órgão responsável pelo comércio e desenvolvimento da ONU, as vendas relativas ao e-commerce aumentaram 8% em todo o mundo.

A pandemia do Coronavírus foi responsável pela adoção de ferramentas e soluções digitais no campo empresarial, embora ainda seja cedo para prever o impacto destas medidas no valor do e-commerce.

As Estados Unidos continuam a dominar o mercado, prevalecendo no topo da tabela mundial de países através do comercio B2B e valor total das vendas em comércio eletrónico, seguindo-se o Japão e a China. A Amazon e a Alibaba são as empresas que mais se destacam. Na Europa, os primeiros lugares são ocupados pelo Reino Unido e pela França, em que as vendas representam 29% e 19% do produto interno bruto (PIB), respectivamente.

Compras a países estrangeiros

Nos dias de hoje, 77 biliões de pessoas estão ligadas à internet e usufruem dos seus benefícios. A China teve o maior número de compradores online, foram cerca de 610 milhões de pessoas que optaram por providenciar as necessidades que tinham a partir deste país asiático.

O interesse em comprar a fornecedores estrangeiros cresceu, a percentagem de compradores que procuram produtos vindos de fora aumentou de 17% em 2016 para 23% em 2018. Este número é um reflexo do crescimento do potencial do setor digital e um indicador claro de que o futuro do mercado está no e-commerce.

Métricas para o comércio eletrónico

Medir o valor do e-commerce é sem dúvida um desafio devido ao fato de grande parte dos países não publicar esta informação de forma oficial. Para além do mais, também os países que disponibilizam estes dados muitas vezes não seguem as diretrizes internacionais. Por ter noção desta situação, a UNCTAD adotou uma metodologia especifica para que seja possível estimar com alguma precisão os valores para o e-commerce em termos globais.

Evento online

A UNCTAD lançou entre os passados dias 27 de abril e 1 de maio um evento online dedicado ao comércio eletrónico para os membros que integram a Organização das Nações Unidas.

Esta forma de diálogo entre as organizações internacionais, as empresas e os representantes da sociedade civil teve como objetivo explorar possíveis soluções e políticas adequadas em relação ao mundo digital para que possam servir como ferramentas úteis na recuperação da crise provocada pelo coronavírus.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Scroll to Top