Big Data poupam até 600.000 euros na indústria logística

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Economizar é a chave de qualquer negócio, ainda para mais em tempos como estes. Felizmente, a tecnologia e as informações disponíveis atualmente ajudam a economizar dinheiro e a utilizar os recursos necessários para o bom funcionamento do negócio. O setor de logística já fez isso e tudo se deve à Big Data.

A chave é unir os milhões de dados que hoje são tratados e a qualidade dos mesmos, com o objetivo de alcançar uma mobilidade mais sustentável, que polui e gasta menos.

Já existem empresas de distribuição que usam esta fórmula. O benefício traduz-se em menores emissões de dióxido de carbono, economização de custos e aumento de produtividade.

Entre as ferramentas que permitem otimizar os recursos, destaca-se a Smart driving. Foi desenvolvida pelo grupo logístico de Sesé com a colaboração do Instituto Tecnológico de Aragão ITAINNOVA. Para tal, utilizaram dados de mais de 1.000 camiões desta empresa, itinerários, consumo, paragens, etc. Segundo o chefe dos sistemas de transporte, Jorge Carcas, «foi criada uma rota aprovada que indica ao condutor, entre outras coisas, a velocidade a que ele deve ir e os locais onde deve reabastecer ou descansar».

Planeador de viagens


O planeador combina todos os dados para informar a empresa sobre a melhor próxima viagem ou para alterar a existente de acordo com os novos dados. Desta forma, as rotas de transporte podem ser variadas e a eficiência no setor da logística é aumentada. Entre os benefícios mensuráveis consta um aumento de 7% na produtividade, poupança de combustível de 1,3 cêntimos por quilómetro e 600.000 euros por ano.

Vários projetos estão atualmente em curso para melhorar a eficiência dos transportes nas cidades. Outro dos projetos que utiliza Big Data é o desenvolvido pela cadeira de mobilidade sustentável da Cabify-Universidad Politécnica de Madrid. Neste caso, concentraram-se na análise do serviço público de autocarros e do Bicimad, o serviço de empréstimo de bicicletas, ambos em Madrid, de modo a melhor planear a mobilidade e promover a chamada «mobilidade partilhada».

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

Tu dirección de Email no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Ir arriba