ePayments Day (PT) decorreu no dia 2 de junho e juntou nomes e marcas de excelência do ecommerce em Portugal. O evento teve um formato híbrido, pelo que os participantes puderam assistir a partir do conforto de sua casa ou escritório, enquanto nós estivemos a transmitir a partir do Museu do Oriente.

Na segunda mesa redonda da manhã discutiu-se o Futuro dos ePayments, contanto com nomes bastante reconhecidos na área, com moderação de Paulo Vila Luz, Payments Consultant, Thinkland – Consultoria e Inovação; Joana Mosa, Sales Executive – Portugal, MANGOPAY; Fred Antunes, Board President, Associação Portuguesa de Blockchain e Criptomoedas e Rui de Sousa Neves, Head of Product and Purchase Plataform, Farfetch.

Joana Mosa, Sales Executive – Portugal, MANGOPAY referiu nesta mesa redonda que os marketplaces são, sem dúvida, uma tendência do momento derivado pelo encerramento das lojas na situação que vivemos de pandemia, mas é uma tendência geral. O facto da Mangopay ter nascido em França faz com que já esteja exposta a esta realidade há alguns anos, que só agora se torna mais frequente em Portugal, denotando-se um elevado crescimento. Para Joana, o maior desafio relativamente aos marketplaces e aos pagamentos é gerir a automatização dos mesmos, portanto que a circulação de dinheiro entre os compradores e os vários vendedores seja o mais integrada possível.

Rui de Sousa Neves, Head of Product and Purchase Plataform, Farfetch esteve presente nesta mesa redonda, referindo os benefícios e aceleração do ecommerce que a empresa teve com toda a situação pandémica. Rui afirmou ainda que se denotaram muitas alterações nos padrões de compra e, relativamente aos pagamentos, enuncia uma divisão entre países sendo que uns escolhem pagamentos mais globais e outros mais locais, como é o exemplo do MbWay, que é usado em massa em Portugal e que, noutros países não existe uma utilização parecida de nenhum serviço semelhante a este.

Fred Antunes, Board President, Associação Portuguesa de Blockchain e Criptomoedas referiu que o mercado dos pagamentos online é extremamente maduro, pronto nesta altura de pandemia para poder crescer como cresceu e, portanto, a indústria já estava preparada para que isso pudesse acontecer, naturalmente com alguns ajustes. Em termos práticos, para além de enquadramento regulatório via PSD2 e de todas as ferramentas disponível de combate à fraude e, acima de tudo, para se poder melhorar cada vez mais a user experience (UX), tudo isso agrupado proporcionou o crescimento do mercado de pagamentos. Relativamente aos ativos digitais e cripto, Fred refere que ainda está muito no princípio e que ainda tem muito caminho até à maturação.

Para assistir ao evento na íntegra e saber mais sobre o que se passou nesta mesa redonda, pode fazê-lo através do YouTube, onde se encontra disponível a edição que foi feita em streaming no passado dia 2 de junho.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Scroll to Top