Força Portugal: «A marca assume-se como líder no mercado turístico para o tipo de retalho em que opera e é de facto»

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Portugal 3, Hungria 0. O inicio do euro2020 está a ser muito bom para Portugal e no próximo sábado o desafio continua, com Portugal inteiro a apoiar. E qual a melhor altura para lançar a loja online «Força Portugal» do que ao mesmo tempo que a realização do euro e após um ano de transformação digital?

Força Portugal é um projeto de comércio de vestuário têxtil e acessórios desportivos e turísticos, assim como distribuição de marcas como a NIKE, ADIDAS, MACRON e NEW BALANCE, com muita história mas que só recentemente iniciou a sua trajetória online. Na Ecommerce News, tivemos a oportunidade de falar com o Hugo Dias, E-commerce Manager na FORÇA PORTUGAL.

Ecommerce News Portugal (EcN): Força Portugal. Como surgiu esta ideia? Com que objetivo?

Hugo Dias (HD): A Força Portugal ganhou vida em 2004 com o Euro que se realizou em Portugal e onde a marca mãe “Atlantic Sud” deu lugar à “Força Portugal”. A empresa começa com lojas no Algarve, onde tem atualmente 15 lojas, expandindo-se mais recentemente para as principais cidades de Portugal, com 2 lojas em Lisboa e 3 no Porto. O objetivo inicial foi sempre dar vida ao turismo, sobretudo do Algarve, alavancados pela excelência da marca “Portugal” no panorama turístico mundial.

EcN: A marca Força Portugal afirma-se como especializada e líder no mercado turístico em Portugal. Porquê? Quando surge o projeto da loja online?

HD: A marca assume-se como líder no mercado turístico para o tipo de retalho em que opera e é de facto. Graças à constante expansão e investimento, acabou por ocupar geograficamente os principais pontos turísticos de Portugal e concentrar esforços naquilo que se tornou mais procurado por quem nos visita. Uma das bandeiras de Portugal é o futebol e o constante crescimento da nossa seleção, dos nossos jogadores, dos nossos treinadores além fronteiras dá a este segmento de produto um espaço para investimento/crescimento. Depois há todo um complemento de streetwear e souvenirs que é sempre alavancado pela marca “Portugal” quer em produtos licenciados quer em produtos da marca própria.

O projeto de digitalização da marca surge no ano passado, em 2020, e partir daí foi delineada toda uma estratégia que se sabia difícil e de caminho longo. A marca estava no ponto “zero” em termos digitais, quer marketing digital, quer ecommerce e até redes sociais, portanto havia todo um trabalho a ser desenhado e lançado para depois ser desenvolvido e enquadrado nas suas fases de crescimento.

EcN: Esperam chegar aos turistas que visitam o país ou entrar numa cooperação para promover o turismo de Portugal? Qual é o público que tencionam trabalhar online?

HD: A grande questão da loja online foi sempre “Qual será o nosso target?”, visto que a localização que tanto nos dá em loja não se pode aplicar tão linearmente no online. A resposta está em trabalhar o melhor possível os públicos que tenham “apetite” pelos produtos que comercializamos quer seja no mercado interno ou externo e usar ao máximo a marca “Força Portugal” para mercados onde isso traga um valor acrescentado, quer pelo conhecimento da marca através das lojas, quer pelo afeto inerente ao país, como é o caso dos nossos milhares de emigrantes.

EcN: Num modelo focado nos resultados e no crescimento de vendas online, como é que a plataforma fportugal.com escala o seu negócio?

HD: Um dos pontos mais exigentes que encontrei foi pegar em tudo que são pontos fortes da marca na parte das lojas e transpor o máximo possível para a loja online. Claro que o desafio encontra inúmeros entraves porque são coisas completamente distintas no nosso caso mas, há coisas como a gestão de stock que se tornará muito relevante a médio/longo prazo. Temos uma capacidade muito acima da média para responder à procura, coisa que sabemos que não acontece com muitos players do mercado. Depois há outros fatores como a personalização de camisolas, sobretudo da seleção portuguesa e dos três principais clubes nacionais que quisemos que fosse um fator de diferenciação apostando numa previsualização real em site com letterings e badges oficias da Liga Portugal, Uefa e clubes.

EcN: Qual é o resultado que esperam obter deste lançamento uma vez que foi quase em simultâneo com o Euro2020? Esperam que mesmo assim tenha repercussões a médio longo prazo? Ou será um “ecommerce sazonal”?

HD: O facto do Euro2020 ser disputado apenas em 2021, permite-nos passar já por uma fase de maior procura mas, convenhamos que para um ecommerce lançado no final de Maio, é impossível estar com um panorama de marketing digital pronto para atacar uma fase de vendas como esta. Com mais um ano de trabalho de marketing digital, os resultados não eram comparáveis. Há toda uma fase de crescimento inicial muito dolorosa para qualquer ecommerce que inicie neste momento. Se juntarmos isso ao facto de estarmos a iniciar o nosso caminho em todas as vertentes do digital, como em redes sociais por exemplo, isto ganha uma dimensão ainda maior.

Não queremos, de todo, ser apenas um ecommerce sazonal. Este é também um dos desafios. Com a gama de produtos que temos, mesmo tendo em conta as novas coleções de clubes a cada época, essa pergunta faz todo sentido mas, queremos desenvolver um trabalho que nos permita dissolver ao máximo essa questão da sazonalidade e eventos.

EcN: Quais as estratégias de negócio e de marketing que têm em marcha?

HD: A plano é longo e nesta fase a concentração vai mesmo para cimentar processos internos e ganhar uma base que nos permita criar equipa e escalar sem problemas. É importante conhecermos o nosso ecossistema empresarial interno e construir um futuro de crescimento sustentado e escalável. Sabemos que os números de 2021 e 2022 não serão o que queremos mas, estarmos conscientes do caminho e conhecê-lo vai-nos trazer um futuro sustentável e pronto para subir à dimensão que queremos online.

EcN: E… se Portugal perde? Futebol é um campo de emoções. Sentem que pode ter o efeito contrário?

HD: É uma boa questão. Claro que o sucesso ou insucesso desportivo afeta muito as vendas quando falamos de emoções como as que o futebol impõe. Temos o exemplo recente da procura de camisolas do Sporting CP, nunca tinha sido assim mas os resultados despoletaram a procura e o mercado não teve resposta.

EcN: Que parceiros é que têm na Força Portugal?

HD: Ainda estamos numa fase muito embrionária mas, quisemos desde logo garantir que a plataforma de ecommerce nos dava garantias e que isso nunca seria impedimento para evoluir e crescer sem limites. Foi o que fizemos ao criar a loja online com a Redicom.

Os restantes parceiros que fechamos em termos de expedição e pagamentos são brokers com experiência e garantias para nós e para os clientes. Temos os envios com os CTT e com a DHL. Em termos de pagamentos fechamos contrato com a SIBS e obviamente Paypal.

Em termos de marketing digital, estamos obviamente com campanhas em Facebook e Google e temos um ou outro parceiro que a curto prazo vamos fechar para alavancar, não só as vendas, mas sustentar a qualidade do nosso serviço.

EcN: A nível de números ou projeções, pode-nos dizer alguma coisa?

É difícil prever. Apesar de no meu passado ter trabalho com parte dos produtos que também vendemos hoje na Força Portugal, a aposta era completamente diferente e a força de vendas nesses produtos era quase insignificante. Por isso, e por muitos outros fatores, é muito difícil fazer projeções, embora tenhamos os nossos ‘Goals’ definidos.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

Tu dirección de Email no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Ir arriba