A Microsoft anunciou uma mudança estratégica, que envolve o encerramento das suas lojas físicas em todo o mundo, como consequência da pandemia.

As 83 lojas espalhadas pelo mundo, que tinham como objetivo a venda de portáteis e hardware, fecharam antes do pagamento dos impostos de cerca de 450 milhões de dólares, que foi registado no corrente trimestre que terminou a 30 de junho.


Os colaboradores das equipas de retalho estão desde o início da pandemia, a dar apoio na transformação digital de pequenos negócios e aos clientes na área da educação, habilitando-os para o trabalho remoto e para a utilização do software, o que se materializou em mais de 14 mil workshops online e de 3 mil certificações

A empresa vai reforçar o investimento no negócio online, para que continue a crescer nas vendas e no portefólio dos produtos digitais. As plataformas Microsoft.com, Xbox e Windows, alcançam mais de 1,2 mil milhões de pessoas por mês em 190 mercados, por isso o investimento será aplicado nestas plataformas e nos centros Microsoft Experience em Londres, Nova Iorque, Sidney e Redmond.

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram