O que é a Amazon Basics e a razão pela qual está prestes a desaparecer?

A Amazon foi acusada em várias ocasiões de usar os dados de outros vendedores para lançar os seus próprios produtos. Desde que o marketplace dos EUA lançou a sua linha Amazon Basics em 2009, com a qual queria responder às necessidades dos consumidores.

O Amazon Basic pode estar prestes a desaparecer devido às diferentes demandas que os reguladores dos EUA e da Europa estão a tentar impor à empresa, porque argumentam que a Amazon está a realizar práticas antitrust.

O que é a Amazon Basics?

Há 10 anos a Amazon queria lançar uma gama de produtos básicos, especialmente voltados para o setor de tecnologia. Conforme definido pela empresa, são produtos «muito valorizados a preços muito baixos

A chave para a Amazon Basics é que se trata de produtos do dia a dia, como cabos de telefone, capas de computador ou protetores de ecrã. Os consumidores, na maioria destes produtos, não têm uma marca preferida. Para além disso, os produtos desta gama têm uma estética muito semelhante e têm um distintivo que os identifica.

Estes produtos não são produzidos pela empresa. A Amazon possui várias fábricas confiáveis ​​que produzem itens de boa qualidade a preços acessíveis. O marketplace apenas coloca o seu logotipo neles.

Executivos da Amazon debatem a eliminação da Amazon Basics

Os bons resultados do Prime Day da Amazon foram obscurecidos por notícias que ninguém esperava. Os principais líderes da empresa de Jeff Bezos discutiram internamente o abandono completo dos seus negócios de marca própria.

Alguns dos trabalhadores que falaram sobre o assunto são o atual CEO do retalho global, Doug Herrington, e o seu consultor jurídico, David Zapolsky, que acreditam que, se esta decisão evitar multas, pode ser uma boa estratégia.

A principal reclamação é que a empresa utiliza os dados de outros fornecedores para desenvolver os produtos. Para além disso, a Amazon tem a vantagem de poder posicionar melhor os seus produtos do que os da concorrência.

No entanto, a Amazon sempre disse que as suas marcas próprias representam uma percentagem muito baixa do total de vendas de produtos da sua loja online. Mas eles ainda são uma fonte relevante de lucro para o seu negócio.

Uma das medidas que decidiram implementar para acalmar os reguladores é a introdução de duas Buy Boxes para «dar mais visibilidade às listas de produtos de diferentes vendedores quando vendem o mesmo artigo a preços ou velocidades de entrega diferentes

A Comissão Europeia vai deliberar até setembro se aceita as concessões da Amazon ou pressiona por mudanças ou adições à proposta. Embora, por enquanto, não haja indicação de que a UE queira que o marketplace pare a 100% a venda das suas marcas próprias.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!

Deixe um comentário

Tu dirección de Email no será publicada.

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Ir arriba