A empresa holandesa online de alimentação, Takeaway.com, aprovou a compra da Just Eat. De acordo com a mesma empresa na quinta-feira passada, seus acionistas aprovaram a compra avaliada em 5,4 milhões de euros.

Os conselhos da empresa holandesa Takeaway e da britânica Just Eat concordaram com os termos da fusão que dará origem a um gigante europeu de comida caseira que competirá com a Deliveroo (apoiada pela Amazon) e a Uber Eats.


Em uma declaração oficial, a Takeaway explicou que o seu plano para uma fusão de todas as ações tinha sido aprovado numa reunião extraordinária de acionistas em Amsterdão no final da semana passada.

O acordo valoriza o Just Eat, que será absorvido pelo Takeaway, em 731 pence por ação, o equivalente a 5,000 milhões de libras (5,400 nilhões de euros).

Takeaway.com pagaria cerca de 9,100 milhões em ações para adquirir a Just Eat. Assim, os accionistas da Just Eat receberão 0,09744 acções da Takeaway.com por cada uma das suas acções. Segundo o acordo, no fecho da transação os acionistas da Just Eat controlariam 52,2% da nova empresa e os da Takeaway.com cerca de 47,8%.

Isto é ligeiramente inferior ao preço de encerramento da última sexta-feira de 736 pence e 15% acima do nível de 26 de Julho, o último dia útil antes das conversações sobre a fusão terem surgido.

Takeaway estava a competir contra o seu rival directo, Prosus, para comprar Just Eat. «Este é o início de uma longa conversa sobre a consolidação da indústria«, explica o presidente da Just Eat Mike Evans, que vai manter o mesmo papel na nova empresa. O empresário holandês Jitse Groen, atualmente CEO da Takeaway, também será o CEO da empresa resultante da fusão.

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram