Os países europeus aumentam o investimento em logística

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Os países europeus investiram 39.000 milhões de euros em logística em 2020, o que significa 5% mais do que em 2019 e 24% mais do que nos últimos 5 anos.

Estes são os dados recolhidos pela empresa de consultoria Savills Aguirre Newman, no seu relatório European Logistics. Em 2020, foram contratados 26 milhões de metros quadrados de espaço logístico na Europa, 12% mais do que o nível registado em 2019 e 19% acima da média dos últimos cinco anos, atingindo níveis recorde na Europa.

Por país:

Alemanha, com um total de 6,8 milhões de metros quadrados de absorção, representando um aumento de 3% nos últimos cinco anos, e de 26% do total da Europa.

A Polónia também registou um ano recorde de utilização do espaço logístico com um total de 5,2 milhões de metros quadrados, 45% acima da média de cinco anos.

Nos Países Baixos, foram ocupados 2,6 milhões de metros quadrados de espaço logístico (+0,3%).

O Reino Unido registou um aumento de 58% ao longo dos últimos cinco anos, representando um total de 4,7 milhões de metros quadrados.

Investimento por países

Em termos de investimento, os países europeus mais ativos foram o Reino Unido (10,27 mil milhões de euros e +13% na média de cinco anos), a Alemanha (6,6 mil milhões de euros, +16%) e a França (4,2 mil milhões de euros, -23%), que representaram a maioria das transações de investimento, uma vez que tanto os compradores nacionais como os transfronteiriços optaram pelos principais mercados.

Contudo, a Polónia (2,6 mil milhões de euros, +131%) e a Suécia (3,4 mil milhões de euros, +45%) destacaram-se como os mercados com os resultados mais significativos em comparação com a média dos últimos cinco anos.

2020 tem sido um ano muito importante para o setor da logística na Europa, como resultado do impacto que a Covid-19 tem tido no comércio eletrónico. Foi alcançado um elevado crescimento no comércio eletrónico e, por conseguinte, na procura de bens logísticos. Embora comece a normalizar-se em algum momento, acreditamos que o impacto de curto prazo dos bloqueios específicos locais continuará a impulsionar os gastos online.

Mike Barnes, Chefe da Investigação Europeia da Savills

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Lengua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
gdpr logdate ok:
Please don't insert text in the box below!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

Tu dirección de Email no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Ir arriba