O Facebook fica sobrecarregado com multas: a empresa regista mais mas ganha menos. O Facebook fechou o ano de 2019 com 18.485 milhões de dólares de lucro de acordo com a própria empresa. Isto representa uma queda de 16% em relação a 2018, embora o seu rendimento tenha crescido 27% para 70.697 milhões de dólares.

Por outro lado, a empresa de Mark Zuckerberg desacreditou novamente aqueles que há muito previam uma possível perda de utilizadores na sua plataforma. A empresa encerrou 2019 com mais 9% de utilizadores da Internet.


As ações do Facebook caíram 7% na bolsa depois da divulgação dos seus resultados. Embora estes tenham ultrapassado as expectativas dos analistas de mercado, não parecem satisfazer as elevadas expectativas de Wall Street.

«Tivemos um bom trimestre e um bom final de ano. A nossa comunidade e os nossos negócios continuam a crescer«, disse o fundador e CEO Mark Zuckerberg numa declaração na semana passada. «Continuamos focados em criar serviços que ajudem as pessoas a permanecerem ligadas às pessoas de quem gostam«, disse ele.

No entanto, a empresa de Mark Zuckerberg está a acumular multas. A empresa tem visto um enorme aumento nos seus gastos devido à cobrança de multas tanto dos reguladores em diferentes países como da comunidade fiscal.

Em julho, por exemplo, a Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos (FTC) anunciou um acordo com a empresa de Mark Zuckerberg pelo qual a rede social foi multada em 5 mil milhões de dólares pelos seus escândalos de privacidade e má gestão dos dados dos utilizadores.

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram