O verão é uma época de descontos e reduções, mas este ano a COVID19 atrapalhou os planos de muitas empresas, inclusive da Amazon, o que atrasou o Prime Day de julho a setembro. No entanto, o gigante americano já advertiu que não vai ficar sem descontos e propôs um festival de descontos também no verão. Na verdade, já chegou a alguns países como a Austrália.

Mas a Amazon colocou o pé no acelerador na Austrália por uma razão: o eBay informou que também lançaria uma campanha de vendas a 1 de junho. Esta pressão fez com que a Amazon avançasse nos seus planos e parece que a guerra que começou a ser travada na Austrália vai chegar a outros mercados à medida que o verão avança.

Segundo dados fornecidos pelo eBay e recolhidos pela Poweretail, houve um aumento nas vendas de fones de ouvido (31%) e de consolas (221%), o que está a marcar os descontos na plataforma deles.

«As pessoas estão comprando de maneira diferente agora, dando prioridade às compras das coisas que elas realmente precisam, da tecnologia aos itens de uso diário», diz Sophie Onikul, porta-voz do eBay Austrália.

Embora, o evento Amazon não vá vender produtos Apple com desconto, houve um grande cruzamento de ofertas disponíveis na plataforma, com descontos em marcas como a Nintendo, Playstation e Samsung.

Dois gigantes a defrontarem-se: quem vai ganhar?

Não é segredo que consumidores e comerciantes encontram-se em tempos estranhos. Com a perda de empregos em ascensão e o comércio online como único conforto para as empresas, parece ser a altura perfeita para gigantes como a Amazon e o eBay aumentarem as suas ofertas de desconto.

«Sabemos que os consumidores estão a procurar ofertas e estamos confiantes de que haverá algo para todos durante a época de vendas», explica Matt Furlong, gerente da Amazon Australia.

Porém, neste contexto de confronto entra um novo jogador: Facebook e a sua plataforma de lojas. Ao chegar a novos países, a Amazon precisa aumentar suas ofertas e descontos.

Quanto ao vencedor da luta dos gigantes, é de notar que o eBay tem sido a plataforma preferida na Austrália desde o seu lançamento em 1999 e os especialistas apontam para ele como o cavalo vencedor neste mercado. Mas e quanto a outros mercados? Não é segredo que a Amazon é líder na maioria dos mercados, e os analistas advertem: há mercados onde o eBay não tem o melhor interesse de combater a Amazon com margens baixas porque o gigante de Jeff Bezos vai conquistar a maior parte do mercado.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!

Deixe um comentário

Tu dirección de Email no será publicada.

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Ir arriba