Zendesk, publicou hoje o State of Messaging 2020, o terceiro relatório anual com comentários de peritos e uma análise aprofundada das maiores tendências do mundo da conversação e da indústria, em rápida evolução, a das mensagens. O relatório combina entrevistas com mais de duas dúzias de clientes com experiência em produtos, vendas e líderes de marketing de empresas como Google, Twitter, Hootsuite, Birchbox, e mais, com pesquisa original da Zendesk e dados de terceiros para fornecer perspetivas sobre como o serviço de mensagens está a mudar a face do negócio.

Durante a última década, o envio de mensagens mudou profundamente a forma como as pessoas interagem com os amigos, a família, os colegas e as empresas. Segundo a Business Insider, as aplicações de mensagens ultrapassaram as redes sociais em utilizadores activos mensais globais. Desde 2018, quase todos os principais canais de mensagens, incluindo o WhatsApp, WeChat, Facebook Messenger, RCS do Google e o iMessage da Apple, têm-se estendido para além do consumidor às empresas. Ao mesmo tempo, empresas de todas as dimensões em todas as indústrias incorporaram experiências de mensagens modernas nas suas próprias aplicações e websites.


«Este ano será o ano das conversas de ligação na empresa», diz Warren Levitan, vice-presidente de negócios de conversação da Zendesk. «Estamos a ver as empresas abraçarem as mensagens como uma plataforma partilhada para o envolvimento dos clientes, permitindo-lhes, pela primeira vez, unificar verdadeiramente as interações de vendas, marketing e serviços. Este é um enorme passo para colocar os clientes no centro dos nossos negócios«.

O State of Messaging 2020 examina os principais aspectos da evolução e da emergência das tendências comerciais conversacionais e acompanha as principais histórias a observar em 2020, nomeadamente:

  • As empresas que dominam o panorama do envio de mensagens e as enormes diferenças entre países e continentes no que respeita a quem está a ganhar a corrida das mensagens
  • Como os chatbots passaram a fazer parte do tecido do comércio digital
  • Serão os pagamentos em conversas a chave para desbloquear o comércio em escala?
  • Porque o debate «chatbot vs. humano» é uma falsa dicotomia
  • Como os dados das conversas podem optimizar a experiência do cliente e ajudar os diferentes departamentos empresariais a comunicar melhor
  • Ajudar as marcas a navegar no seu novo papel de gatekeepers e construtoras de comunidades

Para mais informações, consulte o relatório interactivo sobre o Estado das Mensagens 2020:

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram