10 biliões de anúncios sobre produtos contrafeitos removidos da Amazon

A Amazon denotou um aumento de falsificações de produtos na sua plataforma durante a pandemia. Os burlões tentavam aproveitar-se dos consumidores que entraram pela primeira vez no consumo online e também da sua inexperiência.

A gigante tecnológica afirmou que “pode impedir os falsificadores antes de vender qualquer coisa, graças à tecnologia de machine learning, que verifica automaticamente os anúncios para remover suspeitas de falsificação”.

A empresa gastou mais de 575,8 milhões de euros no ano passado para combater a fraude de falsificação e tem 10 mil pessoas a trabalhar exclusivamente nesta área. Os números foram divulgados no primeiro relatório da empresa relativamente aos seus esforços anti-contrafação, tendo já bloqueado mais de 10 biliões de anúncios de produtos falsificados em 2020.

Há dois anos, a Amazon anunciou novas ferramentas e tecnologias para o combate a artigos contrafeitos, mas devido à pandemia o número de anúncios de produtos contrafeitos aumentou cerca de 67% em relação a 2019.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Scroll to Top