Os fechos mensais tendem a ser caóticos para todos os departamentos, incluindo o de Marketing: relatórios, objetivos, apresentação de resultados, etc. Atualmente, são inúmeras as ferramentas capazes de medir e quantificar objetivos, porém, poucas organizações sabem como identificar as métricas mais relevantes.

Métricas nas campanhas de e-mail marketing

  1. Taxa de entrega: o número de e-mails enviados comparado com o número de e-mails entregues. Esta métrica indica a saúde da sua reputação, ou «Sender score», e a vossa base de dados.
  2. Taxa de crescimento de contatos: uma taxa que representa o crescimento da sua lista de contatos durante um período de tempo definido. Essa métrica indica: crescimento da marca e engagement dos seguidores.
  3. Taxa de cliques (CTR): é importante ter em mente esta métrica, que representa a percentagem de pessoas que vão para a web de destino indicada num e-mail. Estas pessoas podem tornar-se potenciais clientes.
  4. Visitas ao site: existem quatro tipos diferentes de tráfego que podem chegar ao site: o de busca, indicação, direto e o que chega através de campanhas.

– O tráfego de pesquisa quantifica o número de utilizadores de Internet que chegaram ao site, digitando uma ou mais palavras-chave no motor de busca.

– O tráfego de referência vem de sites que têm URLs nos seus domínios que se conectam à web. Quanto melhor e maior a reputação desses sites que apontam para o nosso site, melhor posicionado estará nos motores de busca.

– O tráfego direto é uma métrica que indica o número de utilizadores que chegam ao nosso site digitando a URL diretamente no navegador.

– O tráfego através de campanhas representa o número de pessoas que chegam à web através destas campanhas.

Métricas para páginas web

  1. Percentagem de utilizadores únicos: indica a percentagem de utilizadores que acedem ao teu website pela primeira vez, o que lhe permite medir o crescimento e a notoriedade da marca.
  2. Taxa de retenção: esta taxa mede o número de utilizadores que retornam ao teu site, para que possamos determinar o engagement, o interesse e a fidelidade à marca.
  3. Taxa de conversão: a proporção de visitantes que solicitaram uma ação desejada, por exemplo, baixar conteúdo, inscrever-se na lista de notícias, adicionar algo ao carrinho ou comprar.
  4. Taxa de Leads a visitantes: uma medida da qualidade do utilizador/tráfego que crias em conjunto com o objetivo de atrair e converter leads.

Métricas para Landing Pages

  1. Leads obtidos e taxa de conversão: ao lançar uma landing page, o mais interessante é conhecer a percentagem de visitantes que se tornam potenciais clientes. Isto pode ser feito através da análise da taxa de conversão de leads, que é o resultado obtido dividindo o número de visitas recebidas num determinado período de tempo entre os novos contactos obtidos.
  2. Custo do lead, conversão ou clique: o custo associado às ações desejadas, como por exemplo solicitar uma demonstração do produto, fazer uma compra, etc.

 

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram