3,8 milhões de dólares: o valor que a Google vai pagar pela discriminação laboral contra as mulheres

O Departamento de Trabalho dos EUA anunciou esta segunda-feira que a Google aceitou pagar 3,8 milhões de dólares (3,1 milhões de euros) devido às acusações de discriminação contra mulheres.

Foi anunciado ainda que a maior parte deste valor servirá para compensar 2.565 funcionárias da Google em cargos de engenharia informática, bem como cerca de 3.000 candidatas femininas e asiáticas que não foram selecionadas para tais posições.

Uma porta-voz da Google, citada pela agências de notícias France-Presse (AFP) afirmou que » todos devem ser pagos de acordo com o trabalho que fazem e não em função de quem são, e estamos a investir fortemente para garantir que os nossos processos de contratação e compensação sejam justos e não distorcidos».

Como parte do acordo que aceitou, a Google irá rever as suas políticas, procedimentos e práticas de contratação e compensação, disse o Departamento de Trabalho.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!

Deixe um comentário

Tu dirección de Email no será publicada.

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Ir arriba