Portugal tem níveis baixos de ciber ataques. A Specops Software divulgou dados que mostram os países da Europa mais e menos susceptíveis a crimes na internet. A empresa analisou o número total de ataques de fornecedores de cloud, bem como no terreno das moedas criptográficas, malware e encontros de ransomware em máquinas de cada país. A Holanda tem a maior taxa de máquinas que sofreram um dos ataques acima referidos, com 17,64%, enquanto a Irlanda teve o mínimo de 1,08%. Portugal encontra 3,83% de ataques, um valor relativamente baixo.

A severidade dos cyber-breaches tem se tornado cada vez mais intensa nos últimos anos e por isso realizaram este estudo que procura descobrir quais países (ocidentais) europeus mais ciber-seguros para os cidadãos.


Para descobrir, a Specops Software calculou qual o país com maior probabilidade de encontrar crimes cibernéticos, analisando a percentagem de ataques de provedores de cloud no Azure e a percentagem mensal de máquinas que encontraram exploração nas moedas criptográficas, malware e ransomware.

 

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram