5 Exemplos de Otimização do Comércio Eletrónico: Casos de sucesso de retailers

As ideias para testar as taxas de conversão do comércio eletrónico A/B podem provir dos locais mais improváveis. Ao procurar inspiração para otimizar as conversões do comércio eletrónico, uma coisa interessante a fazer é estudar o que fazem os principais websites de comércio eletrónico (por exemplo, Amazon, Zappos, eBay, Zara, JCPenney, ASOS, etc.) estão a fazer.

Neste artigo, trazemos 5 exemplos de algumas empresas retalhistas bem conhecidas que, aplicando pequenas mudanças no seu comércio eletrónico, otimizaram a taxa de conversão e alcançaram muito mais vendas:

1. Remover banner do produto: SimCity consegue 43% mais conversões sem a imagem do banner principal

Os downloads digitais foram responsáveis por 50% das vendas do SimCity 5 nas duas primeiras semanas de lançamento. Parte deste sucesso pode ser atribuído a um simples teste A/B que a equipa de produtos da EA realizou na landing page SimCity. A equipa testou a remoção do grande banner promocional, movendo assim informações importantes para cima da página, aumentando as vendas.

Conclusões

Questione os seus pressupostos. Mesmo quando se pensa que algo deve ser absolutamente verdadeiro, devemos testá-lo.

“Descobrimos que as variações com a oferta promocional tiveram um desempenho pior do que uma versão limpa da página. Ficamos muito surpreendidos com isto, mas teve um impacto bastante significativo“, disse Mike Burk, o gestor de produtos online da EA.

2. “Buy Now” vs. “Shop Now”: Pequenas alterações ao texto do botão aumentam os cliques em 17% para Black and Decker.

Dewalt, uma das marcas da Black and Decker, testou botões de chamada à ação em várias páginas da sua loja. Os CTAs aparecem em muitas páginas do site e são críticos para o processo de checkout. O seu objetivo era levar mais visitantes às landing pages dos fornecedores para comprar ferramentas elétricas.

Conclusões

As palavras pequenas são importantes. Mesmo duas palavras num botão podem ter um impacto dramático nas principais métricas de sucesso.

3. Tente oferecer diferentes produtos em pesquisas: Testar novos algoritmos de pesquisa de produtos em Insound permite-lhe aumentar a conversão em 39%.

Insound é uma loja online que vende equipamento de som e discos de vinil. Insound trabalhou para definir e testar quatro permutações da sua página de resultados de pesquisa, com base em diferentes fatores que pesam o algoritmo. Descobriram que as subtilezas na forma como os resultados da pesquisa são apresentados têm um impacto significativo na probabilidade de um visitante fazer uma compra e no valor médio do pedido (AOV) de compras.

Conclusões

A pesquisa no comércio eletrónico é uma poderosa alavanca de conversão. Embora seja uma parte menos visível da experiência do utilizador, a otimização dos algoritmos de pesquisa é uma hipótese poderosa e uma área em que se deve concentrar.

4. Testar diferentes experiências de utilizador (UX): Um desenho mais visual do carrinho aumenta as receitas de Soccerloco.

Soccerloco é um retalhista multicanal de vestuário de futebol. Como parte de um redesenho mais amplo do site, fizeram algumas hipóteses sobre áreas para melhorar a usabilidade e convergência – uma das quais foi o funil de caixa. Testaram um desenho mais visual do carrinho que incorporava botões em vez de diferentes opções para selecionar. Os botões foram mais bem sucedidos na condução de cliques através do funil. Este foi um dos múltiplos testes que levou a um aumento de 26% nas receitas do Soccerloco.

Conclusões

Apresentar a mesma informação de uma forma visual diferente é uma forte hipótese para uma experiência.

5. Ter imagens de produtos de alta qualidade: ZAGG aumenta as receitas por visitante em 40% ao testar tipos de imagens de produtos.

ZAGG é um dos maiores sites de comércio eletrónico de acessórios eletrónicos móveis. As páginas de produtos da ZAGG.com ofereceram três formas de ver os produtos: imagens estáticas, vídeo, e imagens de produtos 360°. Os seus analistas de conversão e de usabilidade realizaram uma série de testes para descobrir que tipo de imagem do produto era melhor para liderar. Descobriram que o vídeo aumentou o RPV em 27% e o vídeo 360 aumentou-o em mais 12%.

Conclusões

Antes de investir totalmente na concepção da imagem do produto, teste-os. As imagens dos produtos não são baratas. Antes de investir na exposição do produto de uma forma em todo o site, experimente com diferentes estilos e formatos.

Estes 5 exemplos são apenas uma parte do artigo que Episerver (Optimizely) publicou no blogue do Incentro Espanha. Pode ler o artigo completo, com informações sobre quais as métricas importantes para o comércio eletrónico, bem como 7 outros exemplos aqui.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Scroll to Top