De acordo com uma pesquisa realizada pela Clutch, consultora B2B, 7 em cada 10 consumidores americanos usam as aplicações móveis para buscar promoções e descontos no mobile comércio.

No estudo, os consumidores apontaram as ofertas como o principal motivo para usar as aplicações de compras (68%), à frente das opções mais flexíveis quando compram a qualquer momento pelo canal móvel (64%), e para comparar produtos e preços (64%).

As aplicações móveis parecem resolver problemas com a experiência de compra nas lojas. Aproximadamente metade dos entrevistados disse que através das aplicações pode ver-se inventários maiores (53%), economizar tempo na loja (54%) ou simplesmente evitar ter que ir à loja física (53%).

A maioria das compras digitais ainda ocorre no PC, embora a utilização do mobile commerce esteja a aumentar rapidamente. De acordo com as últimas estimativas da eMarketer, o m-commerce representará 34,5% do total de vendas de retail online este ano, um percentual que crescerá de forma constante nos próximos anos até que em 2021 o dispositivo móvel supere o PC.

As compras parecem estar divididas entre a aplicação e a web móvel. Um estudo realizado em janeiro de 2017 pela Fluent descobriu que 51% dos consumidores de smartphones nos Estados Unidos fazem compras por meio da app, enquanto 49% compram pela web móvel.

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram