Mais de metade dos consumidores online revela sentir-se frustrado quando os sites das lojas são lentos e cerca de 90% chega mesmo a abandonar o site. Isto pode ser critico numa altura em que o coronavirus testou a preparação do sites para um aumento de tráfego repentino.

Segundo o estudo realizado pela Retail System Research ,a um grupo de 1100 consumidores online norte americanos, cerca de 57% afirma que após abandonar o site é provável que compre num retalhista semelhante enquanto 41% diz que irá comprar na Amazon.


A frustração causada por o carregamento lento leva a que alguns consumidores nunca mais voltem aquele retalhista (21%) e leva a que 14% partilhe nas redes sociais sobre a sua experiência e 11% reclame junto do retalhista.

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram