“A GoldNutrition desbravou caminho e criou o seu mercado no início do ano 2000” Patrícia Berezetcki

Mais do que uma marca a GoldNutrition é uma família”, este é o mote da empresa especialista em Nutrição Desportiva nascida no principio dos anos 2000. Foram os pioneiros nesta especialidade e Patrícia Berezetcki, CEO da GoldNutrition, deu-nos uma entrevista em que nos explicou mais sobre a marca, o tema da Nutrição Desportiva (desconhecida para muitos) e o mercado nos últimos 20 anos. 

Ecommerce News Portugal (EcN): Nos dias de hoje ouvimos falar muito sobre nutrição, desporto e saúde. Para quem não sabe o que é a nutrição desportiva e qual a sua importância?

Patrícia Berezetcki (PB): A Nutrição Desportiva é um dos três pilares-base (juntamente com o treino físico e mental) que contribuem para uma ótima performance da atleta. Este pilar define o regime alimentar, sempre baseado e alinhado com a evidência científica, bem como adaptado a cada uma das modalidades e ajustado aos princípios da individualidade física, bioquímica e genética de cada atleta. A Nutrição Desportiva é uma ciência com um potencial extraordinário. Porque a dieta desempenha um papel crucial na melhoria da performance do atleta.

Os principais objetivos da Nutrição Desportiva são:

  • melhoria da composição corporal da atleta  
  • contribuição para uma ótima hidratação
  • preparação do corpo para o esforço a ser desenvolvido 
  • promoção da recuperação entre os treinos

EcN: Este ano a GoldNutrition celebra o seu vigésimo aniversário. Desde 2002 o contexto em que vivemos mudou várias vezes. Como foram os últimos 20 anos?

PB: Como acontece na vida, a marca enfrentou altos e baixos, mas sempre com a capacidade de se reinventar, adaptar às novas tendências, criar novos produtos e de antecipar necessidades do mercado. Por outro lado, a visão, a missão e os valores da marca criados em 2002 mantêm-se duas décadas depois, o que permitiu criar uma cultura empresarial muito forte. Foi a última que ajudou a manter a coesão e a motivação da equipa. Numa empresa com os olhos postos no state-of-the-art da nutrição, investigação e desenvolvimento de novos produtos, prevalece um verdadeiro espírito de família. Frequentemente lideramos as tendências, em alguns casos arriscaria dizer que tal acontece até cedo demais (introduzimos os QR codes há 8 anos). Ao longo de 20 anos, sempre mantivemos a nossa filosofia de qualidade e a nossa obsessão em ajudar os atletas a alcançar os seus objetivos, sem comprometer a sua saúde. Cada fórmula GoldNutrition é analisada com o máximo rigor e à luz dos mais recentes trabalhos de investigação.

A pressão da inflação e do aumento de preços das matérias-primas é uma realidade, mas nunca nos desviou do nosso caminho, o da qualidade. E assim temos caminhado na excelência.  

EcN: Quais os momentos mais desafiantes e os mais recompensadores do ponto de vista do negócio nestes anos?

PB: Há uns anos, este mercado começou a consolidar, levando à massificação de produtos. Identificámos a tendência e tomámos a decisão de entrar no mundo do retalho. Foi um momento desafiante para uma marca tradicionalmente de alta performance desportiva distribuída no canal da especialidade e associada a um cariz técnico. A realidade é que o consumidor mudou e o mercado também, portanto, encontrávamo-nos numa disrupção do mercado de nutrição desportiva, em que tivemos que assumir a perda de alguns clientes para ganhar outros. Mas, no médio/longo prazo, a decisão foi recompensadora e os resultados vieram mostrar que estávamos certos. 

Outro desafio é a concorrência. A GoldNutrition praticamente desbravou caminho e criou o seu mercado no início do ano 2000. E em vinte anos, muitas marcas apareceram, desapareceram e outras foram ganhando quota de mercado, mas a GoldNutrition traz a resiliência nos genes, o que originou uma proximidade muito forte com os seus consumidores e influenciadores, os quais continua a escutar, adaptando a oferta às suas necessidades. 

O terceiro grande desafio foi a disrupção do canal online, que tem como principal objetivo oferecer ao consumidor final o melhor preço. Rapidamente nos apercebemos da importância deste canal, que é chave para a nutrição desportiva e que foi o canal que mais cresceu nos últimos anos.

EcN: Há 20 anos atrás o desporto não estava tão presente nas rotinas diárias como hoje em dia. Muito menos a nutrição desportiva. Como surgiu a ideia de criar a GoldNutrition?  

PB: A ideia surge, antes de mais, da paixão, impulsionadora do negócio e da marca. À paixão, juntou-se a oportunidade: a lacuna encontrada no mercado fez com que o fundador, Custódio César, com conhecimento na área de nutrição e com uma forte ligação a atletas, criasse as primeiras fórmulas de nutrição desportiva para as modalidades outdoor. Isto aconteceu há vinte anos, numa altura em que apenas existiam marcas de nutrição desportiva americanas e direcionadas para o mercado de body-building. Não havia suplementos ajustados aos atletas que praticavam diferentes modalidades, a informação era escassa no mercado e, portanto, a necessidade era forte, mas ainda por explorar. O fundador da GoldNutrition, por sua vez, já possuía ligação com o mercado americano, o trendsetter, e trouxe muitas ideias para Portugal e, na realidade, também para o mercado europeu. Fomos os primeiros a lançar uma fórmula de recuperação completa, o Fast Recovery, que atualmente continua a ser um dos produtos estrela da marca e uma das fórmulas mais completas do mercado. 

EcN: Em 2020 aumentaram os vossos canais para chegar ao cliente e abriram a vossa loja online. Já tinham em mente abrir a loja online ou surgiu da necessidade causada pela pandemia? 

PB: Já tínhamos identificado a necessidade de uma loja online há bastante tempo. Mas queríamos garantir que a loja iria cumprir todos os nossos objetivos, nomeadamente a concorrência leal com o mercado offline, que representa uma grande fatia do nosso negócio.

EcN: O online permite passar fronteiras. Quais os países a que a GoldNutrition chega?

PB: Temos duas subsidiárias, uma em Espanha e outra na Roménia, e trabalhamos com distribuidores em mais de 20 países, maioritariamente na Europa, mas também na América do Sul, Médio Oriente e África . 

EcN: Qual a percentagem de venda em Portugal e no estrangeiro a nível do online? 

PB: A nossa loja, por enquanto, está aberta apenas para o mercado nacional e Espanha, sendo que Portugal representa mais de 80%.

EcN: Qual a percentagem de vendas a nível do online? É um canal muito relevante para a GoldNutrition ou é um canal complementar?

PB: Neste momento representa, aproximadamente, 10% das vendas e é um canal complementar, mas com muito potencial de crescimento, a nível nacional e internacional. 

EcN: Quais são os vossos planos para o futuro?

PB: Muitos, como sempre. Queremos apostar mais na tecnologia e ainda mais na ciência e qualidade. Prometemos novidades nestas áreas muito em breve.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Scroll to Top