Muitos consideram que o marketing por correio eletrónico e as estratégias em torno deste instrumento se tornaram obsoletas, quando na realidade ainda é o canal digital com o maior retorno do investimento. Como explicado pela plataforma de e-mail marketing Acrelia, por cada euro investido, o retorno médio é de 39 euros. Isto faz com que o futuro desta metodologia seja muito promissor.

No ano passado, o setor sofreu o último conjunto de alterações no Regulamento Europeu de Proteção de Dados (RGPD /GDPR). A obrigação de recolher dados de uma forma mais transparente permitiu aumentar a confiança do público, uma vez que os assinantes estão mais conscientes das finalidades para as quais os seus dados são processados. Tudo isto se traduziu em melhores taxas de entrega, abertura e clique.


Por outro lado, 2019 também assistiu ao aparecimento de tecnologias que constituirão um grande desafio para os departamentos de marketing e que estarão presentes num futuro próximo: os assistentes de voz do Google e as Páginas Móveis Aceleradas (AMP).

O que é que 2020 nos reserva? O Acrelia aponta as tendências a ter em conta:
  1. É tempo de pensar [seriamente] nos dispositivos móveis – A navegação móvel já representa 53% do tráfego total. Por conseguinte, em 2020 devemos começar a criar estratégias destinadas especificamente aos utilizadores de dispositivos móveis.
  2. Interatividade – Teremos de estar atentos ao progresso do projecto «Páginas Móveis Aceleradas» (AMP) do Google, que permite a criação de mensagens interativas que são atualizadas em tempo real, o que abre um vasto leque de possibilidades.
  3. Gamificação –  O conceito de gamificação começará a tornar-se mais presente nos mailings para encorajar a interação dos utilizadores e acelerar as conversões.
  4. Personalização com conteúdo dinâmico – Cada vez mais, os utilizadores estão à procura de uma relação pessoal com as marcas. Este 2020 devemos apostar em e-mails com conteúdo dinâmico: newsletters que mudam dependendo do destinatário e da informação que temos sobre ele.
  5. Imagens que convertem – A aposta será na criatividade personalizada, por exemplo, através de ilustrações. As animações em formato APNG são também um grande recurso, e outra tendência neste novo ano é a utilização de imagens animadas em 3D.
  6. Desenho e cópia minimalista – A tendência é de conceber e-mails minimalistas: concisos, limpos, fáceis de ler, com chamadas fortes e monocromáticas à ação.
  7. Marketing móvel – Este 2020 será, sem dúvida, o ano do ressurgimento do SMS. Os novos Rich Communication Services (RCS), concebidos para melhorar as funcionalidades e benefícios oferecidos pelo envio de mensagens SMS, ajudarão as empresas a comunicar de uma forma mais dinâmica, personalizada e fluída.
  8. Conteúdo gerado pelo utilizador – A utilização de conteúdos gerados pelo utilizador funciona bem em todos os canais, aumentando a confiança dos assinantes. De acordo com o 3d Cart, 83% dos utilizadores consideram as opiniões incluídas nos e-mails comerciais muito valiosas e 70% admitem procurar na Internet este tipo de avaliação antes de tomarem uma decisão de compra.
  9. Assistentes de voz – A popularidade dos altifalantes inteligentes (Amazon Echo, Google Home…) aumentou exponencialmente para chegar a 100 milhões de unidades instaladas nas nossas casas até ao final de 2018. A utilização crescente destes novos dispositivos obrigará a repensar a forma como os e-mails são concebidos, escritos e acedidos.
  10. Acessibilidade – A acessibilidade não é uma tendência para 2020, é um compromisso que deve ser adoptado para assegurar que todos tenham igual acesso aos conteúdos eletrónicos.

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram