Em 2020, das 7 marcas com um índice de reputação de excelência, 3 são portuguesas e 2 encontram-se no topo da tabela. Isto segundo os dados revelados por ONSTRATEGY que avalia o posicionamento e os níveis emocional e racional de reputação, associados a mais de 2700 marcas a operar em Portugal em 2020.

 A Olá lidera o ranking, trocando de posição com a Delta, que se encontrava há dois anos consecutivos na liderança. O top 3 fica fechado com a Nestlé, que mantém o seu lugar face ao ano anterior. Na quarta posição está a Lego, seguida pela Google e pela Disney. A Luso, no 7o lugar da lista, mantém-se nos níveis de excelência.


Este ano, apesar do ranking com índices de excelência (mais de 80 pontos) ser mais curto (menos 3 marcas em comparação ao ano passado), houve um aumento muito significativo de marcas que alcançaram o índice reputacional da robustez (entre 70 e 80 pontos). 

Este crescimento deve-se, essencialmente, ao trabalho consistente e sustentado das marcas. Segundo Pedro Tavares, Partner e CEO da Onstrategy cada vez mais, o desafio está na correta identificação dos stakeholders mais influentes, auditoria de posicionamento e reputação, seleção dos touchpoints mais eficientes e gestão dos impactos financeiros”. 

Apesar do aumento das marcas consideradas como tendo índices reputacionais excelentes e robustos, Pedro Tavares refere que “este conjunto de marcas não chega a representar sequer 5% das marcas que têm notoriedade em Portugal. Portanto, ainda há muito a fazer na gestão das marcas que estão a operar em Portugal, sejam elas nacionais ou internacionais”. 

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram