Ataques direcionados de ransomware aumentam 767%

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Entre 2019 e 2020, o número de utilizadores de serviços da Kaspersky que se depararam com ataques direcionados de ransomwaremalware utilizado para extorquir alvos de grande visibilidade, como grandes empresas, organizações governamentais e organizações municipais – aumentou em 767%.

Este aumento foi também acompanhado de uma diminuição de 29% no número total de utilizadores afetados por qualquer tipo de ransomware, sendo o WannaCry a família mais encontrada. Estas são algumas das principais conclusões do mais recente relatório da Kaspersky sobre o panorama do ransomware.

Número de utilizadores únicos da Kaspersky afetados por ransomware direcionado, 2019-2020

A ameaça de ransomware – quando os cibercriminosos encriptam informação privada e exigem um resgate por ela – tornou-se notícia na década de 2010, após o surgimento de dois ataques em grande escala: o WannaCry e o Cryptolocker. Dezenas de milhares de utilizadores foram afetados por estes ataques, em que muitas vezes lhes eram exigidos valores relativamente baixos para recuperarem os seus ficheiros.

Com o passar dos anos, estas campanhas têm vindo a diminuir. De 2019 a 2020, o número total de utilizadores que se depararam com ransomware em todas as plataformas diminuiu de 1.537.465 para 1.091.454, um decréscimo de 29%. No entanto, a par desta diminuição, tem havido um aumento de ataques direcionados de ransomware.

Estes ataques são frequentemente realizados contra alvos de grande visibilidade previamente escolhidos, como empresas, organizações governamentais estatais e municipais, e organizações de saúde, com o objetivo de lhes extorquir dinheiro. Para além disso, são muito mais sofisticados (pois incluem o compromisso de rede, reconhecimento e persistência ou movimentos laterais) e envolvem resgates muito mais elevados.

O cenário do ransomware mudou fundamentalmente desde que se tornou numa grande notícia na comunidade de segurança. Muito provavelmente, veremos cada vez menos campanhas generalizadas dirigidas aos utilizadores quotidianos. É claro que isso não significa que não sejam ainda vulneráveis. Contudo, é provável que o alvo principal continue a ser as empresas e as grandes organizações, e isso significa que os ataques de ransomware evoluíram para se tornarem mais sofisticados e destrutivos. É fundamental que as empresas adotem um conjunto abrangente de práticas de segurança para proteger os seus dados.

Fedor Sinitsyn, especialista em segurança da Kaspersky.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

Tu dirección de Email no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Ir arriba