Mark Zuckerberg e o plano de rentabilização do WhatsApp

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O Facebook adquiriu o WhatsApp em 2014, por uma quantia de 11,6 mil milhões de euros. Mas como é que, após pagar este valor, Zuckerberg tornou a rede social numa compra rentável?

Para muitas pessoas o comercio online é menos sobre websites e lojas, e mais sobre mensagens. Querem ter apoio e fazer as compras logo pelos chats. Os pequenos negócios querem mostrar os seus produtos e receber encomendas por mensagens e as grandes empresas querem infraestruturas viáveis e seguras para comunicar com os clientes. O próximo passo é fazer com que seja mais fácil as empresas adotarem todos estes serviços e dar-lhes as ferramentas para que possam gerir as mensagens e a relação com os clientes.

Mark Zuckerberg

A plataforma não sobrevive de publicidade direta, até estava nos planos, mas em 2020 a empresa recuou no plano de colocar anúncios na app. No final de abril, o fundador do Facebook anunciou no seu perfil os lucros trimestrais da empresa, onde anunciou que o WhatsApp está a ser usado para impulsionar as vendas de anúncios do Facebook e do Instagram. Zuckerberg afirma que este sistema já é utilizado por 1 milhão de empresas.

Em 2019, foi lançado o WhatsApp Business, app que já conta com 100 milhões de mensagens por dia, e que permite aos utilizadores exporem os produtos que vendem. As empresas podem anunciar os seus produtos e serviços no Facebook e/ou Instagram, redirecionando posteriormente os clientes para o WhatsApp Business.

Assim, as empresas podem adquirir anúncios no Facebook e no Instagram, permitindo-lhes o “click to WhatsApp”, seguindo diretamente para a app, onde podem comunicar com os clientes e finalizar transações.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

Tu dirección de Email no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Ir arriba