Como preparar o seu negócio de eCommerce para um futuro sem cookies (Parte 1)

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

As cookies de terceiros e as táticas que as suportam desaparecerão em 2022. A questão é como é que o seu negócio de eCommerce evolui em resposta a esta mudança.

Provavelmente já ouviu falar sobre o futuro sem cookies. Estamos a entrar numa nova era na qual as cookies de terceiros serão descontinuadas nos principais navegadores do mundo, incluindo Safari, Chrome e Firefox.

Os profissionais de eCommerce estão a ser desafiados a repensar questões fundamentais sobre segmentação de anúncios, medição e atribuição entre canais.

A eCommerce News PT decidiu fazer um artigo dedicado a esta temática, com foco nas implicações que estas mudanças terão no eCommerce e as etapas específicas que as empresas podem seguir para se prepararem para o fim das cookies de terceiros já no próximo ano.

Como é que isto afetará o eCommerce?

1. Identidade Digital

A identidade é fundamental no mundo altamente mensurável do eCommerce. Num mundo sem cookies, mesmo as perguntas aparentemente simples tornam-se difíceis de responder. Isto torna difícil medir as impressões de anúncios, a frequência e classificar os novos visitantes e os que retornam ao site.

Gigantes da indústria, como o Google, estão a apresentar soluções potenciais como o FLoC, que basicamente agrupará os utilizadores em grupos que compartilham um identificador de grupo.

Mas, no início de 2021, nenhuma solução isolada parecia ter ganho um impulso significativo e nenhuma resolveria o problema principal da identificação entre plataformas.Exemplo de coortes e suas diferentes atribuições.

2. Segmentação de anúncios

Ao longo dos últimos anos, os anunciantes de eCommerce têm sido capazes de direcionar anúncios de produtos para públicos-alvo com base em dados agregados de cookies de terceiros. Esta focalização hiper-específica tem sido um dos principais motores dos gastos publicitários em meios digitais.

Os tipos de publicidade mais afetados por isto serão os que se encontram fora do Google, Facebook e Amazon. São aqueles que dependem da partilha de dados dos editores para potenciar a publicidade direcionada, o que inclui táticas como por exemplo:

  • Apresentação programática;
  • Remarketing multi-canal (por exemplo, remarketing dinâmico de produtos);
  • Publicidade nativa.

Sem opções de segmentação de cookies de terceiros, é inevitável que iremos ver um desempenho inferior destas táticas nos próximos 18 meses. Os consumidores irão ver menos publicidade personalizada, sendo este o custo do aumento da privacidade.

3. Atribuição

Atribuição é o exercício de combinar a eficácia das atividades de marketing com pontos de contacto específicos onde os utilizadores foram expostos a atividades de marketing específicas.

Assim, sem cookies de terceiros, será impossível rastrear o suficiente da jornada do cliente para tornar a atribuição confiável.

No entanto, a boa notícia é que há uma série de soluções para estes desafios. Quer saber mais? Aguarde pela segunda parte deste artigo!

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

Tu dirección de Email no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Ir arriba