Controlos preventivos e processos judiciais contra os contrafatores na Amazon

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Após termos noticiado esta semana que 10 biliões de anúncios sobre produtos contrafeitos foram removidos da Amazon, agora explicamos as medidas que a Amazon tomou para conseguir realizar um controlo preventivo nestes casos.

Para assegurar o compromisso da Amazon com as marcas e contra a contrafação, o retalhista multinacional afirma ter investido mais de 700 milhões de dólares nesta área em 2020, na qual emprega 10.000 trabalhadores que realizam o seu trabalho «protegendo os produtos contra a fraude e a utilização indevida».

Para além das grandes marcas, a Amazon reconhece que este trabalho protege todos os 1,9 milhões de parceiros comerciais que tem em todo o mundo, muitos deles pequenas e médias empresas que hoje representam a maioria dos artigos que vendem.

Há dois anos, a Amazon anunciou novas ferramentas e tecnologias para o combate a artigos contrafeitos, mas devido à pandemia o número de anúncios de produtos contrafeitos aumentou cerca de 67% em relação a 2019. A luta da Amazon contra a contrafacção tem sido desenvolvida de três formas estratégicas: controlos rigorosos, instrumentos de monitorização e responsabilização dos falsificadores.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

Tu dirección de Email no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Ir arriba