Desde de Abril que os CTT estão a reforçar a sua equipa para fazer face às necessidades impostas pela pandemia. A maioria dos profissionais desempenham funções de carteiros sendo que foram contratados cerca de 800 colaboradores segundo o comunicado da empresa.

Durante o período da pandemia os CTT fizeram esforços para se manter na linha da frente, junto da população e recompondo as suas operações e as suas equipas para garantir a prestação continuada dos seus serviços e mantendo uma elevada intensidade de contratação de trabalhadores, contribuindo, assim, para assegurar o funcionamento da economia e permitir que os portugueses acedessem a tudo o que necessitavam.


Nos planos têm também previsto investir cerca de 40 milhões de euros na rede postal e de logística até 2021. Este investimento envolve «o desenvolvimento de novas instalações adaptadas a tráfego de maior volumetria, estando neste momento em fase de construção sete centros logísticos da rede dos 15 que serão inaugurados até ao final de 2021» assim como a renovação da frota de transporte «com 849 novos veículos, entre eles, 200 motociclos, 641 veículos ligeiros de mercadorias e oito veículos pesados de mercadorias«.

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram