De acordo com a eMarketer, os gastos em publicidade sofreram um declínio durante a pandemia e até os gigantes do meio vão ver as suas receitas em publicidade digital reduzirem.

A plataforma prevê que a Google irá sofrer uma perda de 3,3% nas receitas de anúncios, associado ao declínio das pesquisas sobre viagens, já o Facebook vai registar um crescimento de 5,9% na força do seu negócio de visualização. Este ainda inferior ao crescimento de 26,6% das receitas de publicidade em 2019.


Qual é a perspetiva dos gastos globais em publicidade neste ano?

Diminuirá 4,9% em todo o mundo, um valor significativamente inferior ao que estava previsto antes da pandemia (7,0%). O valor total será de 614,73 mil milhões de dólares, menos 76,99 mil milhões de dólares do que estava previsto.

Os anúncios digitais terão melhor desempenho?

Preve-se que os anúncios digitais tenham um crescimento de 2,4% este ano, que ainda assim é o mais baixo de sempre, embora seja positivo. O valor será de 332,84 biliões, menos 36,11 biliões do que estava previsto antes da pandemia.

Anúncios de publicidade: Exibição vs Pesquisa

Os resultados obtidos sobre o impacto social do vírus, têm demonstrado maior dificuldade para os negócios de anúncios de pesquisa, que prevê-se que diminua, do que para os de exibição, que poderão ter um aumento de 5,3%, ou seja, 179,39 mil milhões de dólares.

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram