E-commerce day: CTT apresenta o Report 2019

Os CTT organizaram a 4ª edição do E-commerce Day no passado dia 8 de novembro. A Lispolis abriu as portas ao evento que celebra o e-commerce em Portugal. O dia foi iniciado com uma nota introdutória de João Bento, presidente executivo dos CTT que salientou algumas das inovações dos CTT na área do ecommerce e seguiu-se a apresentação do Report de 2019 pela voz de Alberto Pimento, diretor de ecommerce dos CTT.

João Bento destacou “o nosso querido dott”, o projeto criado em parceria com a Sonae que ambiciona ser “a Amazon de Portugal”, ser líder no país “de modo que a Amazon nem queira entrar em Portugal”. O presidente executivo dos CTT passou a palavra deixando “um especial agradecimento ao Aberto Pimenta, o verdadeiro pai do ecommerce dos CTT” disse.

O mercado do ecommerce está a crescer em Portugal com um desenvolvimento visível nos últimos dois anos, mas ainda existe um grande caminho a percorrer onde o CTT seguramente querem estar. Apesar dos aumentos das compras online só 13% dos compradores online compram exclusivamente em sites portugueses, ou seja, cerca de 87% compram em internacionais ou em ambos. O perfil do e-buyer português são indivíduos do sexo feminino entre os 25 e 44 anos e que vivem nas áreas urbanas. Apesar da velocidade de entrega estar na agenda do dia, o comprador online mais do que rapidez quer previsibilidade. Clic para tuitear Saber a hora exata, a janela horária a que vai receber a sua encomenda, sendo que a sua preferência de local de entrega continua a ser a casa.

Segundo o report apresentado por Alberto Pimenta o que leva o e-buyer português a comprar são as promoções, preços baixos e uma experiência ‘user friendly’. As compras através do mobile também estão a crescer pelo que uma boa experiência em todos os canais tem que ser obrigatória para os e-sellers.

Os desafios de logística e de recursos humanos aumentam em sincronia com os comportamentos de compra do consumidor. Neste último ano as compras aos fim de semana aumentar o que leva à necessidade de uma estrutura preparada para trabalhar aos fim de semanas e durante a semana em horas pós laborais.

Abandono do carrinho. Quais as principais razões?

O preço final é uma das grandes causas do abandono na altura do check-out, seguido de razões de natureza técnica e da incerteza nos processos de pagamentos e só na quarta posição os constrangimentos relacionados com a entregas. Em relação aos pagamentos verificou-se um aumento do uso do Paypal e uma redução do uso de referências bancárias.

Na sua conclusão o orador não pôde deixar de mencionar o ponto a melhorar, as devoluções, “os e-buyers não estão satisfeitos, aqui há trabalho para fazer entre os retalhistas e a logística” afirma Alberto Pimenta.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!

Deixe um comentário

Tu dirección de Email no será publicada.

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Ir arriba