Em que ponto está a Lei dos Serviços Digitais?

Compartir en facebook
Compartir en twitter
Compartir en linkedin
Compartir en pinterest
Compartir en whatsapp
Compartir en telegram
Compartir en email

As instituições europeias preparam-se para receber a revisão da Diretiva de 2000 do comércio electrónico, com base na Lei dos Serviços Digitais. A consulta pública da informação foi adiada para finais de Maio/início de Junho devido ao surto da COVID-19. A iniciativa regulamentar da Comissão está prevista para o final de 2020, mas poderá ser adiada para o primeiro trimestre de 2021.

Relatórios da iniciativa

Com base no possível adiamento da iniciativa, três comissões do Parlamento Europeu publicaram uma proposta para o relatório. Estes relatórios de iniciativa são ferramentas não vinculativas, utilizadas pelo Parlamento Europeu para dar a sua perspetiva sobre uma futura proposta política e fazer sugestões específicas à Comissão Europeia.

No dia 15 de Abril, o deputado maltês, Alex Agius Saliba (IMCO, S&D), relator do relatório da Lei dos Serviços Digitais, publicou a primeira proposta, que contém recomendações à Comissão sobre a melhoria do funcionamento do mercado único, considerando ser fundamental manter as clausulas sobre o país de origem, a liberdade de estabelecimento e a proibição de impor uma obrigação geral de controlo. A discussão da proposta iniciou-se a 4 de Maio e continuará a 20 de Maio.

A 27 de Abril, Tiemo Wölken (S&D, Alemanha), relator da Comissão dos Assuntos Jurídicos do Parlamento, publicou a segunda proposta, que concentra-se na adaptação das regras de direito comercial e civil para as entidades comerciais que operam online.
Wölken pretende mais eficiência para o princípio da «notificação e ação». A proposta foi discutida a 7 de Maio e os grupos políticos, de uma forma geral, acharam positiva mas sugeriram algumas alterações.

No dia 30 de Abril, a Comissão das Liberdades Cívicas, da Justiça e dos Assuntos Internos do Parlamento Europeu, publicou a terceira proposta, que se foca nas questões dos direitos fundamentais. O relator Kris Peeters (PPE, Bélgica) recomenda manter da proibição da manutenção obrigatória de controlo, do regime de responsabilidade limitada e da cláusula do país de origem, a fim de evitar um cumprimento excessivo e encargos regulamentares desnecessários.

Para se combater eficazmente os conteúdos ilegais, devem ser introduzidas obrigações legais para os fornecedores de serviços digitais para transparência significativa, bem como medidas proativas para combater o aparecimento de conteúdos ilegais nos seus serviços.

Estudos sobre a Lei dos Serviços Digitais e o comércio electrónico

O Parlamento Europeu e a Comissão Europeia têm publicado estudos sobre, a Lei dos Serviços Digitais, a Diretiva relativa ao comércio electrónico e outras questões relacionadas com os serviços digitais.

Um dos estudos publicados foi a «Aplicação e cooperação entre Estados-Membros: Comércio Eletrónico e futura Lei dos Serviços Digitais».
Neste estudo, são apresentadas as opções possíveis para um modelo eficaz de aplicação para uma futura Lei dos Serviços Digitais, que juntamente com o relatório apresentado pela Parlamento Europeu, será possível criar uma base para a lei.
O relatório aborda as questões associadas à responsabilidade dos motores de busca, redes sociais e os mercados online.

Um outro estudo feito analisa as perspectivas e implicações a curto, médio e longo prazo para a Lei dos Serviços Digitais.

Por último, a Comissão Europeia vai solicitar um estudo no valor de 600 000€, para verificar a importância de um ‘porteiro’ nas plataformas digitais. O estudo ajudará na avaliação do impato da Comissão e visa reunir provas que possam ser implementadas no próximo pacote da Lei dos Serviços Digitais.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!
Compartir en facebook
Compartir en twitter
Compartir en linkedin
Compartir en pinterest
Compartir en whatsapp
Compartir en telegram
Compartir en email

Deixe um comentário

Tu dirección de Email no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Ir arriba