Funcionários do Walmart e da Amazon tornam-se virais no TikTok

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O TikTok tem ganho cada vez mais popularidade atualmente e, ao que parece, agora está a viralizar entre funcionários de grandes empresas mas, nem sempre pelos melhores motivos.

Tudo começou com a história de uma funcionária do Walmart chamada Shana ao denunciar num TikTok todo o comportamento racista e sexista que testemunhou durante o seu tempo de trabalho na empresa. A denúncia foi feita pelo microfone da loja, chamando os seus colegas de trabalho pelo nome. Ela terminou o TikTik com, «Eu demito-me».

Shana publicou o TikTok e obteve quase 35 milhões visualizações. Após o video viralizar, Shana explicou que o seu discurso foi realmente transmitido por toda a loja em Lubbock, Texas e que quando ela saiu da loja ela encontrou toneladas de aplausos. Algumas pessoas até lhe disseram que nunca mais iam fazer compras no Walmart.

@shanaquiapo

And I was in fact heard throughout the store. #fyp #walmart #walmartchallenge @walmart

♬ original sound – Shana

A ironia de toda a situação é que a Walmart anunciou recentemente que está a tentar transformar 500 dos seus funcionários em influencers sociais para fazerem proselitismo sobre a «grandeza única do Walmart». O programa é denominado Spotlight e está aberto apenas a funcionários assalariados e não horistas, o que significa que a grande maioria dos seus 2,2 milhões de trabalhadores são inelegíveis. Posts populares são recompensados com bónus em dinheiro.

@nogomado

#socialisttiktok #laborrights #union

♬ original sound – user1257694458165

A grande polémica do programa de influencers eticamente duvidoso do Walmart é que ele não parece realmente funcionar: os dois influencers do Walmart que foram entrevistados têm cerca de 1.500 e 300 seguidores no Instagram, respetivamente. Outras marcas que tentaram transformar os seus funcionários em estrelas só tiveram sucesso quando escolheram TikTokers que já tinham conquistado muitos seguidores, como foi o caso do programa “Embaixadores de Tripulação” da Dunkin ‘Donuts’.

Mas, como sugere a regra de ouro da autenticidade das redes sociais, os vídeos que viralizam são aqueles que retratam as experiências reais dos funcionários. Um dos vídeos mais populares desta semana foi o de uma mulher a trabalhar silenciosa e rapidamente num centro de distribuição da Amazon.

As legendas do video pedem para o consumidor comprar e apoiar o comércio local, argumentando que as medidas de segurança contra o COVID-19 da empresa são «uma piada», que o seu rastreamento de produtividade é «desumano» e que espiona e retalia os trabalhadores que se tentam sindicalizar.

Noutros vídeos , ela disse que apanhou duas infecções por fungos em dois meses porque estava com tanto medo de usar a casa de banho e reduzir as suas taxas de produtividade, e que a empresa minimizou o aumento de lesões entre os trabalhadores do depósito, especialmente durante o pico da temporada. “Por favor, apoie empresas que se preocupam com a saúde e o bem-estar dos seus funcionários”.

Marcas como o Walmart estão a tentar apropriar-se mais do conteúdo das redes sociais dos funcionários por uma simples razão: querem cancelar os efeitos de vídeos como este, que centralizam as experiências vividas pelos trabalhadores de escalão mais baixo em vez de polir a imagem da empresa.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

Tu dirección de Email no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Ir arriba