Glovo Lunch, o novo serviço de entrega de “tupperwares” nos escritórios

Esta manhã, a segunda edição do GlovoTalks teve lugar sob o título “O impacto positivo da tecnologia nas cidades“, o fórum de debate que promove o conhecimento do ambiente digital e tecnológico em diferentes sectores. A jornalista da Informativos Telecinco, Isabel Jiménez, moderou um colóquio no qual participaram Gianluca Olivieri, gerente da Plataforma Google Maps para Itália, Ibéria e Oriente Médio; Carlos Pierre, CEO e fundador da Badi; Elena Lavezzi, Head of Southern Europe of Revolut; e Sacha Michaud, Co-fundador da Glovo.

Entre os principais temas abordados está o do “Móvel” como o principal ponto de viragem na criação de cidades inteligentes: “Com a chegada do telemóvel e a conexão 24 horas, abriram-se possibilidades que antes não existiam“, disse. Por sua vez, Carlos Pierre salientou a importância da gestão de dados: “A capacidade de analisar dados e utilizá-los convenientemente para fazer previsões que facilitem a vida dos cidadãos é uma parte fundamental do desenvolvimento da tecnologia que melhora a vida na cidade“, disse Sacha Michaud.

Gianluca Olivieri, porém, coloca o foco na tomada de decisões cada vez mais conscientes por parte do utilizador como um ponto essencial para o desenvolvimento das cidades. Eficiência, melhoria do bem-estar dos cidadãos, redução de custos, transparência e sustentabilidade são para os oradores os objectivos chave que devem definir uma “cidade inteligente”.

Vários oradores destacaram a versatilidade das suas aplicações para os utilizadores. Michaud e Pierre salientaram que as suas aplicações oferecem tanto a experiência como a possibilidade de cobrir uma necessidade, facilitando a gestão através da tecnologia. Embora, sem dúvida, o ponto forte que se destaca para todas as empresas participantes é a regulação pela Administração Pública dos seus novos modelos de negócio. Segundo Carlos Pierre: “A evolução da tecnologia é tão rápida que ninguém sabe exatamente para onde vai; por isso é necessário regular, mas com certos limites.”

Entre os novos desafios colocados pelas empresas participantes, destaca-se o novo projeto Glovo Lunch, focado em satisfazer as necessidades dos utilizadores da aplicação que trabalham em escritórios. “Após detectar um aumento de pedidos individuais ao mesmo tempo e na mesma área, Glovo decidiu criar este novo serviço para que os funcionários do escritório possam comer juntos, oferecendo uma função semelhante a um ‘tupperware’ para cada funcionário da empresa“, disse Michaud. Por sua vez, Lavezzi disse que estão a preparar um novo serviço para as crianças e Pierre um serviço completo de lavandaria, reparações, custos partilhados… para oferecer de forma adicional aos seus inquilinos.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Scroll to Top