Contar com Landing Pages dinâmicas como uma página de destino em campanhas SEM permite melhorar o nível de qualidade e aumentar a taxa de conversão, especialmente para produtos ou serviços que podem ser encontrados sob diferentes nomes. Estas páginas de destino oferecem uma experiência personalizada adaptada às buscas dos visitantes através da inserção dinâmica de key-words, tanto no título, como na url e no conteúdo.

O que são exatamente as landing pages dinâmicas?

 Talvez estarás a perguntar-te qual é a diferença entre os landings tradicionais e dinâmicas.

Pois bem, com as landings dinâmicas podemos criar um único template e configurar os vários campos como o cabeçalho da página, call to action, URL e algum outro elemento, para que o texto que contém mude dependendo da pesquisa do utilizador. Assim, quando faças clique num anúncio e vás para a página de destino, encontrarás conteúdo relevante e totalmente adaptado à pesquisa feita. As landing estáticas não permitem esta adaptabilidade, tendo que criar uma página de destino para cada palavra-chave, campanha ou serviço para ter esta personalização.

Vamos ver com um exemplo. Vamos dizer que há  uma campanha genérica com estes três grupos de anúncios e suas respetivas palavras-chave: viagens baratos, viagens “por uma pechincha” e viagens-oferta.

Teríamos duas opções:

Opção 1: Desenho de três landing pages, uma para cada grupo de anúncios
  • Fazer uma página de destino única com o título «Viagens Baratas» e uma call to action como «Reserve Viagens Baratas» para os três grupos de anúncios.
  • Replicar e alterar o texto para «ofertas de viagem» numa página e «viagens de baratas» na outra.
Opção 2: Criar um único landing para os três grupos de anúncios
  • Criar um único modelo de referência configurando os campos do cabeçalho, a call to action e outros elementos destacáveis onde a consulta de pesquisa do utilizador será inserida com texto dinâmico.

Como é que os landings dinâmicos melhoram as campanhas de PPC?

O mais importante neste tipo de páginas dinâmicas é que melhorarão consideravelmente os resultados das nossas campanhas. Por quê? Dizemos-te em detalhe as vantagens mais importantes:

Melhor nível de qualidade: Se a palavra-chave que ativa o anúncio, além de estar no anúncio, estiver também na url de destino e na landing page, o algoritmo qualificará resultado como relevante, o que se traduz numa melhoria da posição, e portanto do CTR que otimizará os CPCs-

Melhor experiência do utilizador ou do cliente em potencial, ao oferecer conteúdo personalizado.

Melhor taxa de conversão: O visitante que chega ao landing encontrará a palavra-chave que inseriu no motor de busca, além de um conteúdo específico totalmente adaptado à sua pesquisa. Isto oferecerá uma experiência personalizada a cada visitante, o que aumentará a probabilidade de conversão.

Economia de custos e tempo: em vez de criar uma página de destino para cada campanha, só teremos de criar um modelo que se adapte a cada palavra-chave.

Se vais começar a usar landings dinâmicas, tens que ter cuidado ao incluir os campos de texto personalizados, para que eles não quebrem a coerência do conteúdo, não aparecem em excesso para não ser qualificado como spam e não aparecem os erros que podem ter as consultas de pesquisa.

Como regra geral, as campanhas de PPC devem ter uma aterragem específica para cada campanha, produto ou serviço, uma vez que quanto mais específica e com maior concordância com as palavras-chave e os anúncios, maior a probabilidade de conversão.

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram