MANGO encerra 2020 com volume de negócios de 1.8 milhões de euros e ecommerce a representar 42% das receitas totais

A MANGO fechou o ano de 2020 com um volume de negócios de 1.842 milhões de euros e o EBITDA ascendeu a 193 milhões de euros. 

2020 dividido em quatro etapas diferenciadas na MANGO

Nos meses anteriores à pandemia, janeiro e fevereiro, a empresa registou um crescimento de vendas de 8%.

A primeira vaga, entre março e junho, quando quase todas as lojas físicas permaneceram total ou parcialmente fechadas e o canal online chegou a constituir até 93% das vendas da empresa, o que limitou a diminuição da receita total a 50%.

A fase de recuperação, entre julho e outubro, meses em que foi alcançada a normalidade no conjunto de lojas e em que foram recuperados os níveis de volume de negócios de 2019.

E, finalmente, a segunda vaga, em novembro e dezembro, em que voltaram a acontecer os fechos do conjunto de lojas físicas, e em que o canal online voltou a apresentar grandes aumentos no seu volume de negócios durante a Black Friday e a campanha de Natal, dois dos momentos de maior volume de negócios para o setor da moda.

Apesar de tudo, o canal online voltou a apresentar um excelente crescimento, alcançando um volume de negócios de 766 milhões de euros, mais 36% do que em 2019.

Atualmente, este canal representa 42% do volume de negócios total do grupo, uma percentagem muito superior aos 24% apresentados em 2019.

O canal físico tem sido muito afetado pela aplicação constante de medidas restritivas impostas pelas autoridades sanitárias de cada país. Estas medidas significaram que o conjunto de lojas tivesse permanecido fechado ou muito limitado em termos de horários e/ou de capacidade durante grande parte do ano, o que se traduziu numa diminuição de 43% no volume de negócios deste canal.

Vivemos um ano absolutamente excecional e imprevisto para todos. Graças à grande aposta que a Mango tem vindo a fazer desde há 20 anos no seu canal online, conseguimos que em 2020 tenham representado 42% do nosso volume de negócios total, que é um número extraordinário no nosso setor e uma grande vantagem competitiva para a nossa empresa.

Toni Ruiz, CEO da Mango

Em 2021, a Mango pretende alcançar 1.000 milhões de volume de negócios neste canal e, para tal, conta com uma grande quantidade de novos projetos: hiperpersonalização da experiência de navegação e compra em todos os dispositivos, utilização de novas tecnologias baseadas na inteligência artificial para melhorar o serviço pós-venda e a inclusão das franquias nas iniciativas omnicanal.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Scroll to Top