O Comércio Unificado e os seus benefícios

O Epayments Day Portugal já decorreu e chegou a hora de partilharmos com vocês as palestras de todos os nossos participantes, que no dia 2 de junho, se reuniram para discutir as temáticas mais importantes do universo dos pagamentos online.

Hoje trazemos-vos a participação do Ângelo da Silva, responsável comercial da Adyen em Espanha e Portugal, que nos falou da “importância do comércio unificado”.

Comércio unificado

Ângelo da Silva começa a sua apresentação por destacar o grande desafio do comércio unificado,

“existem realmente muitas empresas que são multicanal, que trabalham em diferentes canais, mas que não estão conectadas. A informação ainda se encontra fragmentada.”

Ângelo da Silva, Adyen

O que o mesmo procura explicar é que o grande desafio do comércio unificado é a abundância, contudo fragmentada, de data e informação. Tornou-se assim necessário uma consolidação das formas de pagamento, ou seja, independentemente do local onde o consumidor esteja a adquirir o produto, quer seja na loja online, física, por telefone ou pela app, a experiência de compra deve ser sempre a mesma.

Benefícios do Comércio Unificado

Mas afinal quais são os benefícios de praticar um comércio unificado? Através da utilização e leitura de toda a data que o comércio unificado contem é possível:

  1. Segmentar o consumidor: se é um consumidor que compra mais ou menos, se realiza mais compras pelo online ou na loja física;
  2. Leitura de produtos: que produtos são mais vendidos, se a compra de uma peça gera o agregar de outra; que produtos devemos sugerir ao nosso consumidor;
  3. Otimização do preço: quais os produtos onde temos mais margem a nível de vendas para saber em que plataformas os devemos destacar;
  4. Desenvolvimento de um novo produto;
  5. Otimização da promoção: qual a melhor promoção, em que altura deverá ser feita;

Como podemos reconhecer o shopper em diferentes canais:

É essencial estabelecer uma ligação entre todas as transações efetuadas através do mesmo cartão, “e o que podemos fazer é partilhar essa informação com os próprios tickets”, até porque, por norma, o próprio número do cartão é o mesmo em todas as compras que o consumidor realiza.

“A pessoa normal tem um a dois cartões habitualmente, portanto é muito fácil. Se temos todo este ecossistema criado é muito fácil reconhecer pelo cartão se esse consumidor está a comprar em diferentes canais, que produtos está a comprar.”

Ângelo da Silva, Adyen

O palestrante da Adyen destacou como um bom exemplo da prática do comércio unificado a italiana Bvlgari. Segundo os dados do Ângelo da Silva a marca de joias consegue saber tudo aquilo que os seus consumidores já adquiriram em todas as suas lojas espalhadas pelo mundo.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Scroll to Top