A Amazon vende em muitos países, mas nem todos eles têm o mesmo volume de tráfego para o website. Entre os mercados onde obtém melhores resultados encontram-se Itália, Índia, Alemanha, Japão, França e Reino Unido. No entanto, durante a pandemia foi possível detetar uma mudança, onde o maior crescimento no tráfego foi recebido de países como a Austrália e o Canadá.

O tráfego da Amazon nos EUA aumentou 29% em agosto, o que é invulgar. Enquanto que no mesmo período, os outros dezasseis mercados cresceram 19% em conjunto. O mercado que mais se aproximou do crescimento dos EUA foi o Reino Unido com 25%.


Fonte:.Marketplacepulse

Singapura, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos e Países Baixos são os últimos mercados onde o gigante do comércio eletrónico desembarcou, dos quais Singapura se destaca como tendo tido o maior crescimento. Por outro lado, a Austrália tem conseguido duplicar o seu tráfego ano após ano e desta vez aumentou 70% no período.

Outros países que sofreram situações especiais durante os últimos meses foram a Índia e a França. No primeiro país, a Amazon teve de fechar e isso custou-lhe mais de metade das suas visitas mensais. No caso de França, foram forçados a encerrar após perderem num julgamento a 14 de Abril, onde foram acusados de não fazerem o suficiente para proteger os seus trabalhadores da Covid-19.

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram