O OLX e os CTT lançam a partir de hoje uma campanha de oferta de portes de envio através dos serviços CTT, Expresso E-Commerce e Envios Online para todos os utilizadores da plataforma até ao dia 23 de novembro. No total, as duas marcas vão oferecer 8.000 entregas em artigos com peso máximo de 10kg. Não há limite de utilização por user, ou seja, qualquer pessoa pode usufruir desta oferta as vezes que quiser, a campanha termina assim que o OLX esgotar este plafond. 

A oferta de portes de envio aplica-se às categorias de artigos OLX mas não contempla as de Equipamentos e Ferramentas, Animais, Agricultura, Carros, Imóveis, Serviços e Emprego. Com esta campanha, o OLX pretende estimular os utilizadores da plataforma a usarem de forma gratuita os serviços de entrega que serão disponibilizados através dos CTT, num contexto de grande aceleração do e-commerce, devido à pandemia. 

O receio de contacto físico levou os portugueses a apostarem cada vez mais em compras online, com entregas em casa, mais cómodas e seguras. Por isso mesmo, em maio deste ano, os CTT e o OLX estabeleceram uma parceria, através do lançamento da solução “Envios Online”, fundamental para dar uma rápida resposta às necessidades dos clientes.

Através desta opção “Envios Online”, de recolha ou entrega dos itens transacionados, o vendedor e/ou comprador deixam de ter de sair de casa para realizar as mesmas. Passam ainda a ter a possibilidade de entrega no dia seguinte e acesso a um valor exclusivo e mais barato, a partir de 3,25€ no serviço CTT Expresso e 5,69€ no serviço CTT Envios online, caso sejam solicitadas através deste marketplace.

As vantagens do serviço de entrega CTT Envios Online são as seguintes: envio e recolha de artigos sem sair de casa e sem estar exposto a possíveis locais de infeção; serviço mais barato e cómodo; qualquer pessoa pode fazer negócio sem sair de casa; não é necessário sair do OLX para tratar do serviço de entrega; não é necessário sair de casa para enviar o artigo; os compradores podem comprar itens por um preço melhor (segunda mão) e recebê-los em um ou dois dias úteis; possibilidade de entrega de artigo no dia útil seguinte; pagamento do artigo no ato de entrega – à cobrança.

Por sua vez, no que diz respeito ao serviço Expresso E-Commerce, o utilizador tem de se dirigir a uma Loja CTT para enviar e receber artigos, no entanto, existe a possibilidade de verificar o possibilidade do destinatário ver o artigo antes de decidir se o quer receber; é uma opção que facilita transações entre cidades; os artigos podem ser entregues no dia útil seguinte; e é possível efetuar o pagamento do artigo no ato de entrega – à cobrança.

“A crise que vivemos atualmente irá disparar o desemprego e a falta de rendimentos trará certamente momentos de grande desespero para os portugueses. Neste sentido, o OLX poderá ser um importante aliado para combater esta dura realidade sem, com isso, desrespeitar as novas limitações que marcam a nossa vida no pós-Covid. As iniciativas que temos vindo a criar têm sempre como intuito transmitir o máximo de segurança aos nossos utilizadores e com o serviço de entrega/recolha CTT, qualquer pessoa pode continuar a fazer negócio e ganhar dinheiro, da forma que lhe for mais conveniente. Ou seja, é um “desempata a vida” de forma rápida, segura, cómoda, mais económico e sempre respeitando não só o ambiente como as regras do novo normal”, Andreia Pacheco, Brand Manager do OLX Portugal.

Segundo Alberto Pimenta, diretor de e-commerce dos CTT, “no contexto atual de pandemia, e com a grande aceleração do e-commerce, os CTT e o OLX promovem conveniência e a segurança a todos os seus clientes. Os CTT estão conscientes do papel crítico que desempenham na manutenção de cadeias de comunicação e logística vitais para a economia e a sociedade portuguesa. Neste momento de crise, os CTT proporcionam às pessoas a possibilidade de ficarem em casa podendo satisfazer os seus pedidos de entrega de bens necessários, e proporcionam às empresas que a sua logística e distribuição se mantenham ativas, fazendo com que a economia continue a funcionar.”

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram